Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/9962
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
prisciladeoliveirateixeira.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open
Type: Dissertação
Title: A patrimonialização e a gestão do patrimônio cultural em Visconde do Rio Branco – Minas Gerais (1985-2015)
Author: Teixeira, Priscila de Oliveira
First Advisor: Olender, Marcos
Referee Member: Christofoletti, Rodrigo
Referee Member: Campos, Yussef Daibert Salomão de
Resumo: A elaboração da Carta Constitucional de 1988 trouxe novas perspectivas para a sociedade brasileira, apresentando-se como um reflexo dos debates e movimentos políticos e sociais que aconteceram durante a década de 1980 e se concretizaram com a redemocratização do país em 1985. O presente trabalho busca compreender o processo de gestão e patrimonialização do patrimônio cultural da cidade, quais as formas desenvolvidas para a sua proteção, além de identificar as memórias coletivas que se definiram a partir da assimilação de bens culturais importantes para a história de Visconde do Rio Branco. Buscamos, ainda, analisar a participação da população na elaboração de diretrizes e instrumentos de preservação que se constituíram a partir da definição de uma política de proteção local, através de tombamentos e inventários que surgiram para garantir a manutenção e conservação desses bens culturais. Cabe analisar até que ponto esse momento possibilitou mudanças efetivas na preservação, entendendo se, de fato, houve a valorização das identidades sociais brasileiras. A proposta dessa pesquisa é compreender essa situação dentro da realidade do município de Visconde do Rio Branco, um dos primeiros de Minas Gerais a implementar uma política de proteção do seu patrimônio cultural, sem contar, é claro, com as cidades barrocas e “históricas” do estado.
Abstract: The development of the 1988 Constitutional Charter brought to the Brazilian society new perspectives, presenting itself as a reflection of debates and political and social groupings that happened during the 1980’s and were materialized with the redemocratization of the country in 1985. This research attempts to understand the management and patrimonialization process of the cultural heritage of the city, what the means developed for its protection are, besides identifying collective memories defined from incorporating cultural goods that are important to the history of Visconde do Rio Branco. We also tried to analyze how locals were involved in establishing the directives and preservation resources established from a local protection policy definition, through deem buildings as cultural heritage and inventories made up to guarantee maintenance and preservation of this cultural goods. It is necessary to analyze to what extent this moment made effective changes in the preservation possible, understanding whether there was actually the appreciation of the Brazilian social identities. The research purpose is to understand this situation within the reality of the municipality of Visconde do Rio Branco, one of the first of Minas Gerais state to implement a policy of protection of its cultural heritage, not to mention the baroque and "historical" of State.
Keywords: Visconde do Rio Branco
Memória
Patrimonialização
Visconde do Rio Branco
Memory
Patrimonialization
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: ICH – Instituto de Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em História
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/9962
Issue Date: 25-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em História (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.