Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/864
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
silvioivanirdecastro.pdf1.83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Concepções de licenciandos do curso de química da Universidade Federal de Juiz de Fora e professores de química da educação básica sobre o estágio supervisionado
Author: Castro, Silvio Ivanir de
First Advisor: Lopes, José Guilherme da Silva
Referee Member: Calderano, Maria da Assunção
Referee Member: Leal, Murilo Cruz
Resumo: O curso de formação de professores de Química da Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF apresentava uma estrutura curricular conhecida como “3+1” até meados da década de 2000, na qual nos três primeiros anos os alunos cursavam disciplinas das áreas básicas, e no último aplicavam parte desses conhecimentos no Estágio em conjunto com as disciplinas pedagógicas, resultando em uma formação de caráter tecnicista, cujo modelo ficou conhecido como Racionalidade Técnica. Pesquisas sobre formação de professores apresentaram inúmeras críticas a esse modelo. Um novo modelo de formação de professores que vem ganhando destaque na literatura desde os anos de 1990 é o da Racionalidade Prática, em que o professor é considerado um profissional autônomo, que reflete e toma decisões durante sua atividade pedagógica em sala de aula; a qual é considerada o locus da aplicação de um conhecimento científico e pedagógico, espaço de reflexão e criação, em que novos conhecimentos podem ser criados e transformados. Assim, considerando que atualmente temos no campo de Estágio o encontro entre professores formados no modelo anterior e licenciandos em formação no novo modelo, temos como objetivos conhecer as concepções sobre a estrutura e desenvolvimento do Estágio de forma a compreender como a suas participações impactam na formação inicial e continuada dos professores, bem como identificar as necessidades de mudanças no Estágio. Participaram da pesquisa 7 licenciandos do curso de Química da UFJF que realizaram o Estágio curricular nos anos de 2010 e 2011, 6 professores da educação básica que receberam os licenciandos e a professora orientadora no período investigado. A pesquisa foi desenvolvida a partir de uma metodologia qualitativa e a construção de dados foi realizada através de Análise de Conteúdo. De acordo com a concepção predominante dos professores, licenciandos e da professora orientadora a participação nas atividades de Estágio contribui para a formação inicial e continuada de todos. Porém, defendem um maior tempo de permanência dos licenciandos no campo de Estágio e, principalmente, uma maior aproximação entre a universidade e a escola, que favoreça o trabalho conjunto entre os professores da educação básica e a professora orientadora. Defendemos que tal aproximação deve ser promovida através do estabelecimento de parcerias colaborativas entre a universidade e as escolas, tema emergente em inúmeras respostas. Verificamos que a coexistência entre professores e licenciandos não contribuiu plenamente para o desenvolvimento profissional dos mesmos, tendo como possíveis consequências, que os futuros professores podem não vir a atuarem plenamente como coformadores, uma vez que não vivenciaram esta realidade. Por fim, esperamos que estes resultados subsidiem ações que busquem o aprimoramento e valorização das atividades de Estágio.
Abstract: The teaching education course of Chemistry, at Federal University of Juiz de Fora - UFJF - In Minas Gerais state, Brasil, had a curriculum framework known as "3+1" until the mid 2000s. In the first three years, students attended disciplines in the basic areas and, in the last year, they applied part of that knowledge on the internship, along with pedagogical disciplines, resulting in a technicist formation character, the model of which became known as Technical Rationality. Research on teaching education course presented countless criticisms to it. A new model that has been emphasized on this subject since the 1990s is that of Practical Rationality, in which the teacher is considered a self-employed person who reflects and takes decisions during his pedagogical activities in his classroom, the locus of application of scientific and pedagogical knowledge, space for reflection and creation and still scope for new creation and knowledge. So, taking into consideration that we currently have in the field of internship, the meeting between trained teachers in the previous model, and training undergraduates in the new model, we aim to identify the concepts about those frames and the development of the internship, in order to understand how their participation impacts in the initial and in the continued teachers training, as well as identify the needed changes in the internship. Seven undergraduates from the Chemistry course of UFJF who had undergone the curriculum internship between 2010 and 2011 participated in the research; six basic education teachers which received the undergraduates and the guiding teacher of the period mentioned above. The research was developed from a qualitative methodology and the construction of data was performed through Analysis of Content. According to the predominant conception between the teachers, the licencees and the guiding teacher the participation in those internship activities contributes to the initial and continued training education of all. However, they argue for a longer stay of the licencees in the field of internship and, mainly, a closer relationship between the basic school and the university, which fosters joint work among teachers of basic education and the guiding teacher. We argue that such approach should be promoted through the establishment of collaborative partnerships between the university and the school, emerging theme in many responses. We have found that the coexistence between teachers and the licencees does not fully contribute to the their professional development, with the possible consequences that future teachers cannot come to fully act as co-trainers, since they have not experienced that reality. Finally, we hope these findings subsidize actions aimed at the improvement and enhancement of the intership activities.
Keywords: Estágio
Formação Inicial
Formação Continuada
Parceria
Internship
Initial Training
Continuing Education
Collaborative Partnership
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora
Institution Initials: UFJF
Department: ICE – Instituto de Ciências Exatas
Program: Programa de Pós-graduação em Química
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/864
Issue Date: 25-Oct-2014
Appears in Collections:Mestrado em Química (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.