Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8631
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
juliaborgesfigueiredo.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open
Type: Dissertação
Title: Representações sociais de enfermeiros da estratégia saúde da família sobre o tratamento diretamente observado e de curta duração em tuberculose
Author: Figueiredo, Júlia Borges
First Advisor: Silva, Girlene Alves da
Referee Member: Souza, Fabiana Barbosa Assumpção de
Referee Member: Almeida, Geovana Brandão Santana
Resumo: Este estudo teve como objetivo analisar as representações sociais de enfermeiros da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre a estratégia Directly Observed Treatment, Short-sourse (Tratamento Diretamente Observado de Curta Duração – DOTS) em tuberculose (TB). Optou-se por um estudo de natureza descritiva com abordagem qualitativa utilizando como referencial teórico-metodológico a Teoria das Representações Sociais. A pesquisa foi desenvolvida em Unidades de Atenção Primária à Saúde que trabalham no modelo da ESF no município de Juiz de Fora – Minas Gerais. Para a apreensão das informações foram utilizadas entrevistas de caráter semiestruturadas. Participaram da pesquisa 18 enfermeiros. Nesse sentido, as entrevistas foram transcritas e analisadas conforme a perspectiva de Bardin. As Representações Sociais dos enfermeiros foram agrupadas segundo as unidades de inferências que mais se repetiram, além disso, uma categoria foi construída com o intuito de caracterizar os participantes. São elas: Caracterização dos Participantes, Tecendo saberes sobre o fazer cotidiano para o cuidado frente às pessoas com TB e Tecendo representações sobre o DOTS. Dos 18 enfermeiros entrevistados, 16 eram do sexo feminino, com tempo de formação entre 7 e 35 anos. Desses profissionais 66,7% possuem especialização em saúde da família, com tempo de trabalho na ESF entre 4 meses e 23 anos. Os achados demonstram que os enfermeiros não incorporam o DOTS nas atividades relacionadas ao controle e tratamento da TB, mas reconhecem a importância do enfermeiro como primordial no controle da doença. O DOTS é associado por esses profissionais ao simples fato de supervisionar a tomada de medicação e a associam a usuários em situação de vulnerabilidade social. No que tange a detecção precoce dos casos, podemos observar que a busca ativa por vezes se encontra limitada ao espaço da ESF e é relacionada a diversas dificuldades para sua efetivação, como falta de recursos humanos e deficiência na formação dos profissionais. Outras questões citadas pelos enfermeiros como aquelas que comprometem a efetivação dessa estratégia foram a falta de medicação padronizada para o tratamento e a dificuldade de enxergar o comprometimento político por parte da gestão. Além disso, é possível notar o desconhecimento por parte de alguns profissionais no que diz respeito às fontes de informação e registro dos casos, dificultando assim a qualidade e continuidade do cuidado. Nesse sentido, tal estudo aponta a necessidade de um novo olhar da gestão e dos profissionais no que tange ao controle da TB no sentido de organizar e planejar essas ações em saúde, integrando o DOTS a essas atividades. Para tanto, isso só será possível através de capacitações em toda rede de atenção à saúde.
Abstract: This study aimed to analyze the social representations of nurses of the Family Health Strategy (ESF) about the Directly Observed Treatment, Short-sourse (DOTS) strategy in tuberculosis (TB). We chose a descriptive study with a qualitative approach using as theoretical-methodological reference the Theory of Social Representations. The research was developed in Primary Health Care Units that work on the ESF model in the city of Juiz de Fora – Minas Gerais. For the apprehension of the information, semi-structured interviews were used. 18 nurses participated in the study, in this sense the interviews were transcribed and analyzed according to Bardin‟s perspective. The social representations of the nurses were grouped according to the units of inferences that were most frequently repeated, in addition, a category was constructed with the purpose of characterizing the participants. They are: Characterization of the Participants, Weaving knowledge about the daily routine for the care of people with TB and Weaving representations about DOTS. Of the 18 nurses interviewed, 16 were female, with training time between seven and 35 years. Of these professionals 66.7% have specialization in family health, with work time in the FHT between four months and 23 years. The findings demonstrate that nurses do not incorporate DOTS into activities related to TB control and treatment, but recognize the importance of nurses as primary in controlling the disease. DOTS is associated by these professionals simply by supervising the medication intake and associating it to users in situations of social vulnerability. Regarding the early detection of cases, we can observe that the active search is sometimes limited to the ESF space and is related to several difficulties for its effectiveness, such as lack of human resources and deficiency in the training of professionals. Other issues cited by nurses as those that compromise the effectiveness of this strategy were the lack of standard medication for the treatment and the difficulty to see the political commitment on the part of the management. In addition, it is possible to notice the lack of knowledge on the part of some professionals regarding the sources of information and registry of the cases, thus hindering, the quality and continuity of the care. In this sense, this study points out the need for a new look from management and professionals regarding TB control in order to organize and plan these health actions, integrating DOTS into these activities through training in a health care network.
Keywords: Tuberculose
Terapia diretamente observada
Enfermagem
Estratégia saúde da família
Representação social
Tuberculosis
Directly observed therapy
Nursing
Family health strategy
Social representation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Enfermagem
Program: Programa de Pós-graduação em Enfermagem
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8631
Issue Date: 19-Nov-2018
Appears in Collections:Mestrado em Enfermagem (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.