Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8364
Files in This Item:
There are no files associated with this item.
Type: Tese
Title: Registros de uma correspondência: as relações luso-brasileiras e a poética das metamorfoses em Jorge de Sena e Murilo Mendes
Author: Ferreira, Lucas Mendes
First Advisor: Pereira, Maria Luiza Scher
Referee Member: Cruz, Carlos Eduardo Soares da
Referee Member: Santos, Gilda da Conceição
Referee Member: Alves, Ida Santos Ferreira
Referee Member: Dias, André Monteiro Guimarães
Resumo: Jorge de Sena e Murilo Mendes, ao longo dos exercícios de suas obras literárias e críticas, muito marcadas por outras artes, mantiveram uma interlocução de diferenças claras, em que incorporaram certos procedimentos e exploraram temas confluentes, oferecendo possibilidades instigantes nas relações comparatistas luso-brasileiras. Nesse aspecto, o presente trabalho se propõe a percorrer alguns caminhos para a abordagem crítica dos dois autores. Inicialmente, apresenta-se uma análise da correspondência inédita que estes mantiveram entre 1961 a 1975. Tal interlocução é composta por 13 cartas que foram escritas de Murilo para Jorge de Sena; 1 de Murilo para Mécia de Sena; 2 de Maria da Saudade Cortesão Mendes para o casal Sena; 8 de Jorge de Sena para Murilo e 1 para Maria da Saudade. As 25 missivas são analisadas pelo viés afetivo e pelo panorama político e literário vivido pelos dois poetas. Decorrente do estudo da correspondência, na configuração de um eixo associativo luso-brasileiro, procede-se a uma análise de artigos dos Estudos de Cultura e Literatura Brasileira (1988) e poemas de Pedra Filosofal (1950) em Jorge de Sena; e a uma análise de poemas de História do Brasil (1932) e Bumba-meu-Poeta (1933) e da prosa de Janelas Verdes (1970). A partir dessas leituras, propõe-se, finalmente, uma discussão do conceito de metamorfoses nos poemas de As Metamorfoses (1944), de Murilo Mendes, e Metamorfoses (1963), de Jorge de Sena. Logo, o viés metamórfico das artes é o ponto chave desse encontro, desde sua a influência com a obra Metamorfoses, de Ovídio, até os ideais transformativos das vanguardas do século XX, estabelecendo-se como um parâmetro literário para as poéticas de ambos. A análise esparsa de outras obras de poesia e prosa dos autores insere-se no projeto conceitual de metamorfoses na literatura. Ademais, os poetas travaram contatos com importantes escritores e artistas, das mais diversas áreas de conhecimento, nos países pelos quais peregrinaram como palestrantes e professores, reforçando a ideia de uma poética da cultura e da experiência, através das transformações no contato com o outro e, também, com outras paisagens. Assim, a referência das metamorfoses configura especificidades temáticas e do próprio estilo de escrita em relação à poesia luso-brasileira e cosmopolita do século XX, em que Murilo Mendes e Jorge de Sena apresentam com tratamentos diversos os mesmos temas críticos e poéticos.
Abstract: Jorge de Sena and Murilo Mendes, throughout the exercises of their literary and critical works, very marked by other arts, maintained an interlocution of clear differences, in which they incorporated certain procedures and explored confluent themes, elucidating instigative possibilities in the Portuguese-Brazilian comparative relations. In this aspect, the present thesis proposes an analysis of the unprecedented correspondence between the two writers. Such interlocution is composed of 13 letters that were written from Murilo to Jorge de Sena; 1 from Murilo to Mécia de Sena; 2 by Maria da Saudade Cortesão Mendes for the couple Sena; 8 from Jorge de Sena to Murilo and 1 to Maria da Saudade. The 25 missives are analyzed through the lens of affective bias, and by the political and literary panorama presented by the two authors. In the configuration of a Portuguese-Brazilian associative axis, the articles from the Estudos de Cultura e Literatura Brasileira (1988) and poems by Pedra Filosofal (1950) written by Jorge de Sena are analyzed; while in Murilo Mendes is made an analysis of poems of História do Brasil (1932) and Bumba-meu-Poeta (1933), and the prose of Janelas Verdes (1970). In a second moment, an study of the concept of metamorphoses is made from the poems of Murilo Mendes As Metamorfoses (1944), and Metamorfoses (1963) by Jorge de Sena. The subject of metamorphoses is the key theme of this encounter, from its influence, with Ovid's Metamorphoses, to the transformational ideals of the avant-garde of the twentieth century, establishing itself as a literary parameter for the poetics of both. The sparse analysis of other works of poetry and prose of the authors is inserted in the conceptual project of metamorphoses in literature. In addition, the poets made contact with important writers and artists from different areas in the countries where they pilgrimed as speakers and teachers, reinforcing the idea of poetics of culture and experience, through the transformations in contact with the others and different landscapes. Thus, the reference of the metamorphoses configures the thematic specificities and the style of writing of the two poets in relation to the luso-Brazilian and cosmopolitan poetry of the twentieth century, in which both present the same critical and poetic themes with different treatments throughout their works.
Keywords: Correspondência
Metamorfoses
Relações Luso-Brasileiras
Murilo Mendes
Jorge de Sena
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Letras
Program: Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários
Access Type: Acesso Embargado
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8364
Issue Date: 14-Sep-2018
Appears in Collections:Doutorado em Letras - Estudos Literários (Teses)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.