Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8066
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bernardoviannatostes.pdf1.17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Influência da espessura e translucidez da cerâmica de dissilicato de lítio na alteração da cor final da restauração
Author: Tostes, Bernardo Vianna
First Advisor: Sotto-Maior, Bruno Salles
Referee Member: Cilli, Renato
Referee Member: Carvalho, Liliane Pacheco de
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da espessura e translucidez da cerâmica de dissilicato de lítio na capacidade de mascarar um substrato escurecido. Um total de 120 espécimes foram confeccionados, contendo, laminados cerâmicos na cor A1, de IPS e.max Press LT, (Ivoclar Vivadent AG), IPS e.max Press HT, (Ivoclar Vivadent AG) e IPS e.max Press Impulse Value 1, (Ivoclar Vivadent AG) com quatro espessuras diferentes (0,3; 0,5; 0,7 e 1mm), cimentados com cimento resinoso Variolink Veneer, de cor neutra. As coordenadas e as diferenças de cor CIELAB foram calculadas usando um espectrofotômetro. O ΔE (diferença de cor) foi obtido comparando um espécime controle (IPS e.max Press, LT A1 (Ivoclar Vivadent AG) com espessura de 2mm, chamado de baseline com os grupos de estudo. Os dados foram submetidos à análise de variância a dois critérios. Na sequência, para as comparações múltiplas, empregou-se o teste de Tukey. Os cálculos estatísticos foram realizados no programa SPSS 23 (SPSS Inc., Chicago, IL, EUA) adotando-se o nível de significância de 5%. Se considerado o limiar a partir do qual clinicamente seria percebida a alteração de cor (ΔE = 3,3), somente na espessura de 1,0 mm todas as cerâmicas possuíram valores de ΔE abaixo do limiar de 3,3. Utilizando-se pastilhas com 0,7 e 0,5 mm, o mascaramento foi possível apenas com as cerâmicas de baixa translucidez e do tipo Impulse. HJá com 0,3 mm, nenhuma das cerâmicas testadas revelou valores de ΔE inferiores ao limiar de alteração de cor clinicamente perceptível (p =.006). A capacidade de mascarar um substrato escuro foi significativamente influenciada pela espessura da cerâmica e pelo seu grau de translucidez. Cerâmicas mais espessas possuem maior capacidade de mascarar a cor do substrato. Cerâmicas ultrafinas, 0,3mm, são inviáveis como opção terapêutica para casos clínicos que necessitem de alteração de cor. Cerâmicas mais opacas ou com caráter opalescentes apresentaram melhores capacidade de mascaramento de substrato escuro.
Abstract: The aim of this study was evaluate the influence of thickness and translucency of lithium disilicate ceramic on the capability of masking a discolored tooths. A total of 120 specimens were prepared containing A1-color ceramic laminates of IPS e.max Press LT (Ivoclar Vivadent AG), IPS e.max Press, HT (Ivoclar Vivadent AG), and IPS e.max Press Impulse Value 1 (Ivoclar Vivadent AG) with four different thicknesses (0.3 mm, 0.5 mm, 0.7 mm, and 1 mm), cemented with Variolink Veneer resin cement of neutral color. CIELAB coordinates and color differences were calculated using a spectrophotometer. ΔE (color difference) was assessed by comparing a control specimen (IPS e.max Press, LT A1, [Ivoclar Vivadent AG]) with a thickness of 2 mm, called baseline, in the study groups. Data were subjected to the two-way analysis of variance. Subsequently, the Tukey test was used for multiple comparisons. Considering the threshold of a clinically perceived color change (ΔE = 3.3), the ceramics would have ΔE values below the threshold of 3.3 with the thickness of 1.0 mm, regardless of the ceramic used. Masking was possible only with low translucency and Impulse ceramics using 0.7- and 0.5-mm chips. None of the ceramics assessed showed ΔE values below the threshold of clinically perceptible color change at 0.3 mm (p = .006). Ultra-thin ceramics are not feasible as a therapeutic option for clinical cases that require color change. More opaque or opalescent ceramics showed better capability of dark substrate masking.
Keywords: Cerâmica
Espessura
Mascaramento
Substrato escurecido
Translucidez
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-graduação em Clínica Odontológica
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/8066
Issue Date: 20-Aug-2018
Appears in Collections:Mestrado em Clínica Odontológica (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.