Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/7889
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fabianesantosgavioli.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open
Type: Dissertação
Title: Resposta hemodinâmica durante exercício físico isométrico em tabagistas fisicamente ativos
Author: Gavioli, Fabiane Santos
First Advisor: Martinez, Daniel Godoy
Co-Advisor: Laterza, Mateus Camarote
Referee Member: Trombetta, Ivani Credidio
Referee Member: Lima, Jorge Roberto Perrout de
Resumo: INTRODUÇÃO: Segundo a Organização Mundial de Saúde, o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, muitas vezes em decorrência de comprometimentos cardiovasculares. Isso porque o tabagismo é capaz de alterar o equilíbrio hemodinâmico além de provocar disfunção endotelial. Entretanto, sabe-se que a prática regular de exercício físico é uma estratégia potencial que pode reduzir os efeitos nocivos provocados pelo tabagismo. OBJETIVOS: Comparar a resposta hemodinâmica e o controle metaborreflexo da pressão arterial durante exercício físico isométrico entre indivíduos tabagistas sedentários (TS), tabagistas ativos (TA) e não tabagistas sedentários (NTS). METODOLOGIA: Estudo observacional, transversal, onde uma amostra de conveniência foi composta selecionando homens TA, TS e NTS. Inicialmente, variáveis hemodinâmicas de repouso foram coletadas por 10 minutos utilizando o Biopac e o método de Fotopletismografia Infravermelha Digital (Finometer Pro). Em seguida, os voluntários foram submetidos a 3 minutos de coleta basal, seguidos de 3 minutos de exercício físico isométrico de preensão manual, com dinamômetro de preensão palmar a 30% da contração voluntária máxima, e 2 minutos de oclusão circulatória. Durante o protocolo experimental, a frequência cardíaca (FC) e a pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) foram mensuradas por meio do método oscilométrico (DIXTAL® 2022) e o fluxo sanguíneo muscular (FSM) pela técnica de plestimografia de oclusão venosa (Hokanson®). A condutância vascular do antebraço (CVA) foi calculada por meio da divisão do fluxo sanguíneo muscular do antebraço pela pressão arterial média e multiplicada por 100. Os dados são apresentados como média ± erro-padrão da média. Para análise estatística foram feitos os testes Shapiro-Wilk , Test t de Student, ANOVA one-way e ANOVA two-way seguidos do post hoc de Bonferroni. Foi considerado como diferença significativa P<0,05 e todas as análises foram feitas utilizando o programa SPSS versão 22.0. RESULTADOS: Foram avaliados 15 TS (28±2 anos), 7 TA (24±2 anos) e 16 NTS (26±2 anos), pareados por idade e índice de massa corporal. Durante o exercício físico a PAS, PAD e PAM aumentaram de forma semelhante entre os grupos TS, TA e NTS (PAS - tempo: P<0,001, grupo: P=0,92; PAD - tempo: P<0,001, grupo: P=0,65; PAM - tempo: P<0,001, grupo: P=0,77). O mesmo ocorreu para FSM e CVA (FSM - tempo: P<0,001, grupo: P=0,91; CVA - tempo: P<0,02, grupo: P=0,92). Já a FC aumentou em todos os grupos (tempo - TS: P<0,001; TA: P<0,001; NTS: P<0,001), porém o grupo TA apresentou valores inferiores durante todo o exercício físico em comparação ao grupo NTS (grupo: P=0,02). Durante estímulo metaborreflexo, PAS e PAD apresentaram valores elevados em relação ao basal de forma semelhante em todos os grupos (PAS - tempo: P<0,001, grupo: P=0,88; PAD - tempo: P<0,001, grupo: P=0,30). CONCLUSÃO: Indivíduos tabagistas apresentam resposta hemodinâmica e metaborreflexa preservadas durante a realização de exercício físico isométrico. Além disso, TAs apresentam menores valores de FC durante o exercício físico isométrico quando comparados a NTSs.
Abstract: BACKGROUND: According to the World Health Organization, smoking is the leading cause of avoidable death worldwide. Many times this is secondary to cardiovascular problems, since it's capable of changing the hemodynamic balance as well as promoting an endothelial dysfunction. Nevertheless, it’s known that the regular practice of exercise is a potential strategy which can reduce the harmful effects of smoking. OBJECTIVE: To compare the hemodynamic response and the arterial blood pressure metaboreflex control among sedentary smokers (SS), fiscally active smokers (FAS) and sedentary non-smokers (SNS) during isometric exercise. METHODS: A cross sectional, observational study in which a convenience sample was composed of male SS, FAS SNS. First of all, hemodynamic variables ware collected for 10 minutes using Biopac and the Digital Infrared Photoplethysmography method (Finometer Pro). Then, the volunteers were submitted to a baseline evaluation followed by three minutes of isometric manual prehension, with a dynamometer loaded with 30% of maximal voluntary handgrip muscular contraction, and two minutes of circulatory occlusion. During the experimental protocol, heart rate (HR), systolic (SABP), diastolic (DABP) and mean (MABP) blood pressure ware measured by the oscillometric method (DIXTAL 2022) and the muscular blood flow (MBF) was measured by venous occlusion plethysmography (Hokanson). Forearm vascular conductance (FVC) was estimate splitting forearm blood flow by mean arterial blood pressure multiplied for 100. The data are presented as mean ± and standard error. For the statistical analysis was use the following tests: Shapiro-Wilk, Test t student, ANOVA one-way, ANOVA two-way followed by Bonferroni post hoc. A significance P≤0,05 and all statistical analysis was runned on SPSS 22.0. RESULTS: 15 SS (28±2 years), 7 FAS (24±2 years) and 16 SNS (26±2 years) was evaluated pared by age and body mass index. During the exercise SABP, DABP and MABP raise similarly between the groups SS, FAS, SNS (SABP - time: P<0,001, group: P=0,92; DABP - time: P<0,001, group: P=0,65; MABP - time: P<0,001, group: P=0,77). In the same way as MBF and FVC (MBF - time: P<0,001, group: P=0,91; FVC - time: P<0,02, group: P=0,92). Although rising in all groups during exercise (time - SS: P<0,001; FAS: P<0,001; SNS: P<0,001), HR on the other hand presented lower values on the FAS than in the SNS group (group: P=0,02). During metoberreflex stimulus SABF and DABF also had similar higher values then the baseline in all groups (SABP - time: P<0,001, group: P=0,88; DABP - time: P<0,001, group: P=0,30). CONCLUSION: Smokers has a preserved metaboreflex and hemodynamic response during isometric handgrip exercise. Moreover, FAS presented lower HR values during exercise compared do SNS.
Keywords: Tabagismo
Exercício
Sistema cardiovascular
Smoking
Exercise
Cardiovascular system
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Fisioterapia
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação e Desempenho Físico-Funcional
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/7889
Issue Date: 14-Aug-2018
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Reabilitação e Desempenho Físico-Funcional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.