Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6950
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mayrareginacoimbra.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open
Type: Dissertação
Title: A disputa de sentidos sobre a imagem de Dilma Rousseff: as estratégias de construção de imagem da ex-presidente versus o enquadramento noticioso da Folha de S. Paulo no período do impeachment
Author: Coimbra, Mayra Regina
First Advisor: Oliveira, Luiz Ademir de
Referee Member: Leal, Paulo Roberto Figueira
Referee Member: Fernandes, Carla Montuori
Resumo: A partir da relação dialética entre o campo político e a instância midiática, a presente dissertação se propõe a discutir as relações de poder exercidas mutuamente por esses campos. A ideia é enfatizar a centralidade do espaço midiático sobre o campo da política e como esse campo se tornou arena central para as disputas políticas. A seguir, são retomadas a importância do campo midiático na construção de realidade social e as especificidades da política brasileira. A pesquisa desenvolve um estudo de caso sobre a construção imagética criada pela presidente Dilma Rousseff e o enquadramento midiático durante o processo do impeachment sob duas perspectivas: as declarações feitas oficialmente pela presidente e as matérias publicadas no jornal Folha de S. Paulo. Busca-se verificar quais foram as estratégias utilizadas por Dilma Rousseff para construir sua imagem diante de um momento de crise e, em contrapartida, qual enquadramento o jornal fez da imagem da presidente e de seu governo durante o mesmo período. Como corpus de análise, são analisados, primeiramente, os espaços institucionais, quando Dilma ainda estava em exercício e, em seguida, as suas publicações em rede social, quando estava afastada. A proposta é analisar quais artifícios ela mobilizou para fortalecer a sua imagem diante de um período conturbado. O segundo objeto analisado são as matérias publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo durante o mesmo período. Procura-se verificar se a imprensa, por meio de sua cobertura, projetou uma imagem negativa, positiva ou neutra de Dilma Rousseff na posição de presidente investigada. Como estratégia metodológica, recorreu-se à Análise de Conteúdo de Bardin (1977). A partir dela, foi possível analisar separadamente os objetos e identificar os pontos de convergência e divergência na construção da imagem da presidente e de seu governo. Nota-se, portanto, que a presidente se articulou a partir de temas que lhe davam segurança, tais como: a construção da imagem de governo e a construção da imagem do País. Enquanto o jornal se articula de modo oposto, ele não menciona aspectos positivos do governo, nem mesmo detalha o processo de impeachment. Ele faz um recorte que sustenta a importância da ocorrência do processo tomando como recorte três aspectos: a crise econômica, a crise política e a corrupção.
Abstract: From the dialectic relationship between the political field and the media context, the present dissertation proposes to discuss the relations of power exercised mutually by these fields. The idea is to emphasize the centrality of the media space on the field of politics and how this field has become the central arena of political disputes. Next, the importance of the media field in the construction of social reality and the specificities of Brazilian politics is resumed. The research develops a case study on the imaginative construction created by President Dilma Rousseff and the media framework during the impeachment process from two perspectives: the statements made officially by the president and the articles published in the Folha de S. Paulo newspaper. It seeks to verify what strategies Dilma Rousseff used to construct her image in the face of a crisis and, in contrast, which framework the newspaper made of the image of the president and his government during the same period. As corpus of analysis are analyzed first the institutional spaces when, Dilma was still in exercise and then their publications in social network, when it was away. The proposal is to analyze what devices she has mobilized to strengthen her image in the face of a troubled period. The second object analyzed is the articles published by Folha de S. Paulo newspaper during the same period. It seeks to verify if the press, through its cover, projected a negative, positive or neutral image of Dilma Rousseff in the position of president investigated. As a methodological strategy, we used the Bardin Content Analysis (1977). It was possible to analyze the objects separately and identify the points of convergence and divergence in the construction of the image of the president and his government. It is noted, therefore, that the president was articulated from issues that gave him security, such as: building the image of government and building the image of the country. While the newspaper articulates itself in the opposite way, it does not mention positive aspects of the government, nor even details the process of impeachment. It makes a clipping that supports the importance of the occurrence of the process, taking as a cut three aspects: the economic crisis, the political crisis and corruption.
Keywords: Impeachment
Enquadramento
Folha de S. Paulo
Dilma Rousseff
Imagem política
Impeachment
Framing
Folha de S. Paulo
Dilma Rousseff
Political image
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Comunicação Social
Program: Programa de Pós-graduação em Comunicação
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6950
Issue Date: 23-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Comunicação (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.