Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6912
Files in This Item:
There are no files associated with this item.
Type: Dissertação
Title: Competência em terapia cognitivo-comportamental: propriedades psicométricas de uma medida e seu uso em estágio supervisionado
Author: Reis, Gabriela de Andrade
First Advisor: Barbosa, Altemir José Gonçalves
Referee Member: Sartes, Laisa Marcorela Andreoli
Referee Member: Baptista, Makilim Nunes
Resumo: O expressivo crescimento do número de terapeutas cognitivo-comportamentais contrasta com a reduzida preocupação sobre os processos de formação mais efetivos e sobre as melhores estratégias de avaliação de competência de terapeutas iniciantes e já experientes. Assim, foram conduzidos três estudos sobre formação e competência em terapias cognitivo-comportamentais. O primeiro teve como objetivo descrever o estado da arte sobre a formação de terapeutas cognitivo-comportamentais. Os temas das publicações, as estratégias formativas e as medidas de competência empregadas em artigos indexados pela PsycNET e publicados entre 2011 e 2016 foram analisados. Observou-se que a produção científica analisada (N=24) pode ser considerada reduzida e que os artigos tratam de cinco temas: Modalidades de Formação, Preparação para Atuação em Quadros Específicos, Preparação para Atuação com Clientes Específicos, Desenvolvimento Pessoal do Terapeuta e Preparação para o Domínio de Técnicas ou Modelos Específicos. As estratégias de formação que têm sido mais utilizadas são formação expandida e supervisão. A avaliação de competência comumente ocorre pelo exame da prática do terapeuta. Como não foram encontradas medidas válidas e fidedignas para esse fim no Brasil e dada a necessidade de se definir como e quais competências serão desenvolvidas durante as formações, o objetivo do segundo estudo foi apresentar o processo de tradução e adaptação da Cognitive Therapy Scale Revised (CTS-R) e a análise de suas propriedades psicométricas. Após obter uma versão brasileira da CTS-R com base em diretrizes internacionais de tradução e adaptação de medidas, terapeutas experientes realizaram avaliações de sessões de terapia gravadas em vídeo com o instrumento e estagiários foram avaliados durante a supervisão clínica por seus supervisores e também se autoavaliaram. Foram obtidas evidências de validade segundo a estrutura interna e evidências de validade baseada nas relações com variáveis externas, assim como estimativas de fidedignidade a partir de consistência interna e de confiabilidade interexaminadores. Como essa medida mostrou-se adequada, foi utilizada para avaliar o desenvolvimento de competências de terapeutas-estagiários. Objetivou-se também analisar a aplicabilidade desse instrumento para autoavaliação. Houve aumento significativo de competência ao longo do treinamento e, tanto na autoavaliação quanto na avaliação por supervisores, os estagiários tenderam a ser considerados competentes desde a primeira coleta. Logo, a versão brasileira da CTS-R parece uma medida válida e fidedigna também para autoavaliação por terapeutas iniciantes. Além de analisar as limitações desta pesquisa, especialmente aquelas referentes à validade externa, são discutidas, como considerações finais da dissertação, as possíveis contribuições dos estudos para o avanço da formação de terapeutas cognitivo-comportamentais no Brasil, ressaltando que ela deve ser baseada em evidência.
Abstract: The expressive increase in the number of cognitive-behavioral therapists contrasts with the reduced concern about the most effective training processes and the best competency assessment strategies of beginning and experienced therapists. Thus, three studies were conducted on training and competence in cognitive-behavioral therapy. The first one aimed to describe the state of the art on cognitive-behavioral therapists training. The topics of publications, training strategies and measures of competence employed in articles indexed by PsycNET and published between 2011 and 2016 were analyzed. It was observed that the analyzed scientific production (N = 24) can be considered reduced and that the articles deal with five themes: Training Modalities, Training to work in Specific Clinical Conditions, Training to work with Specific Clients, Personal Development of the Therapist and Training for the Domain of Techniques or Specific Models. The training strategies that have been most used are expanded training and supervision. Competency assessment commonly occurs by examining the therapist's practice. Since no valid and reliable measures were found for this purpose in Brazil and given the need to define how and which competences will be developed during the training, the objective of the second study was to present the process of translation and adaptation of the Cognitive Therapy Scale Revised (CTS) -R) and the analysis of their psychometric properties. After obtaining a Brazilian version of the CTS-R based on international guidelines for translation and adaptation of measures, experienced therapists conducted evaluations of video-recorded therapy sessions with the instrument and trainees were evaluated during clinical supervision by their supervisors and also self-assessed. Evidence of validity was obtained according to internal structure and evidence of validity based on relations with external variables, as well as reliability estimates based on internal consistency and inter-rater reliability. As this measure proved to be adequate, it was used to evaluate the development of competences of trainee therapists. The objective of this study was to analyze the applicability of this instrument for self-evaluation. There was a significant increase in competency throughout the training and, in both self-evaluation and evaluation by supervisors, the trainees tended to be considered competent from the first collection. Therefore, the Brazilian version of the CTS-R seems a valid and reliable measure also for self-assessment by beginning therapists. Besides the analysis of the limitations of this research, especially those related to external validity, the possible contributions of the studies to the advance of the training of cognitive-behavioral therapists in Brazil are discussed as final considerations of the dissertation, emphasizing that it should be based on evidence.
Keywords: Cognitive Therapy Scale Revised
Competência profissional
Formação do psicoterapeuta
Psicometria
Terapia cognitivo-comportamental
Cognitive behavioral therapy
Cognitive therapy scale revised
Professional competence
Psychometrics
Psychotherapist education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: ICH – Instituto de Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Access Type: Acesso Embargado
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6912
Issue Date: 23-Mar-2018
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.