Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/5293
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
josemarciofernandesdasilva.pdf592.5 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Avaliação da ação antimalárica de compostos sintéticos derivados de quinolina em cultura de Plasmodium falciparum
Author: Silva, José Márcio Fernandes da
First Advisor: Scopel, Kézia Katiani Gorza
Referee Member: Abramo, Clarice
Referee Member: Sanchez, Bruno Antônio Marinho
Resumo: As dificuldades de adequação, aplicação e manutenção das estratégias de controle nos locais onde a malária é endêmica contribuem, em grande parte, para que a doença seja considerada o maior flagelo da humanidade. Neste contexto, destaca-se o amplo desenvolvimento de resistência dos plasmódios aos mais variados compostos que foram ou que ainda são utilizados na terapêutica antimalárica, o que faz do tratamento efetivo dos casos um grande desafio a cada ano. Diante disso, torna-se inquestionável a necessidade da descoberta de novas moléculas que possam, no futuro próximo, estar disponíveis para inclusão em medicamentos destinados à cura efetiva da infecção. Este estudo investigou a atividade antiplasmodial de 10 moléculas sintéticas derivadas de quinolinas em cultura de P. falciparum, bem como sua atividade citotóxica em células HeLa e mononucleares do sangue periférico. Das 10 moléculas, 5 estão conjugadas a sulfonamidas enquanto as demais possuem em sua estrutura um grupo hidrazina. Independentemente do grupamento farmacofórico integrado ao anel quinolínico, nenhuma molécula foi citotóxica para células HeLa ou linfócito humano em baixas concentrações. No que se refere a atividade antimalárica, 60% das moléculas foram altamente ativas contra P. falciparum (CI50 variando de <0,195µg/mL a 3,12µg/mL) e 10% totalmente inativas (CI50>50µg/mL). Ao analisarmos o índice de seletividade das moléculas, somente dois compostos não foram seletivos para o parasito (RMP103 e RMP107). Dentre as moléculas mais seletivas destacaram-se aquelas conjugadas ao grupo hidrazina, sobretudo RMP105 que foi >1800 vezes mais seletiva para plasmódio quando comparada a droga de referência. Portanto, por apresentarem alta atividade antimalárica e baixa toxicidade em células humanas, com elevado índice de seletividade para os plasmódios, as moléculas testadas nesse estudo podem ser consideradas boas alternativas para se tornarem medicamentos antimaláricos e auxiliarem de maneira eficaz no combate a doença.
Abstract: The difficulties found in adapting, implementing and maintaining control strategies in malaria endemic regions are largely responsible for the spread of this disease, which is considered one of the greatest scourges of mankind. In this context, there is a widespread development of plasmodia resistance to various compounds that have been or are still used in antimalarial therapy, making effective treatment of the cases a constant challenge. Therefore, there is an unquestionable need for discovery of new molecules that may, in the near future, be available for inclusion in effective medicines for the cure of the infection. This study investigated the antiplasmodial activity of 10 synthetic molecules (derived from quinoline) in cultured P. falciparum, and their cytotoxic activity against HeLa cells and peripheral blood mononuclear cells. Of the 10 molecules tested, 5 are combined to sulfonamides, while the others have in their structure a hydrazine group. Regardless of the grouping pharmacophore integrated into the quinoline ring, all the molecules tested were not cytotoxic to HeLa cells or human lymphocytes, at low concentrations. Concerning the antimalarial activity, 60% of the molecules were highly active against P. falciparum (CI50 ranging from <0.195 µg / ml to 3.12 µg / mL) and 10% totally inactive (CI50 > 50μg/mL). By analyzing the selectivity index of molecules, only two compounds were not selective for the parasite (RMP103 and RMP107). Among the more selective molecules, the highlights were those linked to the hydrazine group, especially RMP105 which was >1800 times more selective for plasmodium compared to the reference drug. Therefore, due to their high antimalarial activity and low toxicity in human cells, with a high selectivity for Plasmodium, the molecules tested in these studies can be considered good alternatives to become antimalarial drugs and assist effectively in combating the disease.
Keywords: Malária
Plasmodium falciparum
Resistência
Antimaláricos
Citotoxicidade
Malaria
Plasmodium falciparum
Resistance
Antimalarial
Cytotoxicity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: ICB – Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas: Imunologia e Doenças Infecto-Parasitárias/Genética e Biotecnologia
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/5293
Issue Date: 9-May-2013
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Biológicas - Imunologia e Doenças Infecto - Parasitárias/Genética e Biotecnologia (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.