Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/4674
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
marciliozanellipereira.pdf2.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Tese
Title: Mudanças demográficas e seus impactos no mercado de trabalho: uma análise para o Brasil - 2011
Author: Pereira, Marcílio Zanelli
First Advisor: Bastos, Suzana Quinet de Andrade
Co-Advisor: Perobelli, Fernando Salgueiro
Referee Member: Betarelli Junior, Admir Antonio
Referee Member: Santiago, Flaviane Souza
Referee Member: Porsse, Alexandre Alves
Referee Member: Alves, José Eustáquio Diniz
Resumo: Tem-se observado na economia mundial mudanças demográficas que estão afetando direta e∕ou indiretamente toda a economia. No Brasil, conforme dados da ONU (2015), a população com mais de 65 anos representa, em 2015, 7,8% da população total e a previsão é que em 2030 este valor chegue a 13,5%. Além desse fato, outra questão pertinente refere-se ao aumento de trabalhadores estrangeiros no Brasil. Conforme dados da Coordenação Geral de Imigração (2015) houve um crescimento de 280% das autorizações de trabalho dadas aos estrangeiros na década de 2010. Com esse crescimento de imigrantes no país, o acréscimo relativo da população idosa e queda da população jovem, a hipótese levantada é a de que ocorram efeitos no mercado de trabalho. Para captar essas mudanças na economia, utilizou de um modelo de equilíbrio geral computável, o qual pôde captar os impactos setoriais que as alterações demográficas e inserção de estrangeiros causaram no mercado de trabalho brasileiro. Para isso, o primeiro passo consistiu em subdividir o fator trabalho em 3 níveis de qualificação (baixa, média e alta) e quatro faixas etárias (jovem, adulto, maduro e idoso) com o intuito de calcular a elasticidade de substituição dos trabalhadores brasileiros em 62 setores utilizando a metodologia econométrica proposta por Das (2003). Como primeiro resultado pôde perceber que os trabalhadores apresentam graus diferentes de substituição, para os diferentes setores, escolaridade e faixa etária. De uma forma geral, observou-se que os trabalhadores jovens possuem a menor elasticidade de substituição, enquanto os maduros obtiveram as maiores elasticidades. Esses resultados mostram a maior vulnerabilidade dos trabalhadores da faixa etária maduro de serem substituídos por outras faixas etárias. Além disso, o resultado ressalta que há uma substitubilidade imperfeita entre os trabalhadores e que a transição demográfica tende a aprofundar esse efeito com o decorrer dos anos. Após o modelo MID-BR (Mercado de Trabalho Imigração-Demografia-Brasil) estar calibrado, foi possível realizar simulações com o intuito de captar os efeitos que a transição demográfica e a inserção de imigrantes provocam na economia nacional. Como principais resultados das simulações, foi observado que o incremento de trabalhadores brasileiros com maior escolaridade têm maior capacidade de afetar positivamente o produto nacional e que o setor de Fabricação de Automóveis, caminhões etc é o mais dinâmico da economia. A entrada de estrangeiros no país impacta positivamente o PIB real brasileiro, porém os nativos de maior escolaridade apresentaram quedas salariais. Usando dados das previsões da população economicamente ativa da ILO Labour Statistics databases (LABORSTA, 2011), foi feita uma simulação para captar o efeito da transição demográfica da década de 2010. Foi observado efeito negativo no PIB real devido à nova estrutura etária dos trabalhadores e que as faixas etárias jovens e adultos obtiveram ganhos salariais, enquanto os maduros e idosos registraram quedas.
Abstract: Demographic changes are affecting direct and/or indirectly the world economy. In Brazil, according to the United Nations (2015) data, the population over 65 years old represented 7.8% of the total population in 2015, and the forecast is that by the year 2030 this frame will reach 13.5%. Besides, another question to consider refers to the increase of foreign workers in Brazil. According to the General Coordination of Immigration (Coordenação Geral de Imigração, 2015), in 2010 decade there were an increase of 280% in work permits to foreign. With this growth of immigrants in the country, in addition to the relative increase in the elderly population and fall of the young population, the hypothesis is that an impact occur in the labor market. To capture these changes in the economy, a computable general equilibrium model will be used, which will allow us to capture the sectoral impacts that demographic changes and increase of immigrants causes in the Brazilian labor market. To do so, the first step was to divide the work force in three skill levels (low, medium and high) and four age groups (young, adult, mature and old) in order to calculate the elasticity of substitution of workers in 62 sectors of the Brazilian economy using the econometric methodology proposed by Das (2003). The first results indicate that workers have varying degrees of substitution, according to different sectors, education and age. In general, the lowest values of the elasticity of substitution belonged to the younger workers while the highest values belonged to the mature ones. This result indicate that mature workers are more replaceable by other age groups. Furthermore, the results indicate imperfect substitutability between workers and that the demographic transition tend to deepen this effect over the years to come. After the calibration of MID-BR (Labour market- Immigration-Demography- Brazil) model, it was possible to simulate the effects of the demographic transition and the entrance of immigrants in the national economy. As simulations’ main results, the increase of more educated workers affects more positively the national product and the sector of Manufacture of automobiles, trucks etc is the most dynamic in the Brazilian economy. The entrance of foreigners in the country positively affects the Brazilian real GDP, however, it decreases the wages of the more educated natives. Using data of the predicted economically active population from ILO Labour Statistics databases (LABORSTA, 2011), a simulation was made to capture the effects of the demographic transition on the 2010 decade. There was a negative effect on real GDP caused by workers new age structure, additionally young and adult age groups had higher wages while mature and elderly presented lower ones.
Keywords: Transição demográfica
Imigração
Mercado de trabalho
Equilíbrio geral computável
Demographic transition
Immigration
labour market
Computable general equilibrium
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Economia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/4674
Issue Date: 23-Feb-2017
Appears in Collections:Doutorado em Economia (Teses)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.