Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/2467
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
evanegoncalvesdetoledojunior.pdf1.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Avaliação da resistência ao cisalhamento de quatro combinações de sistemas adesivos e resinas compostas para fixação de bráquetes ortodônticos
Author: Toledo Júnior, Evane Gonçalves de
First Advisor: Salgado, Ivone de Oliveira
Co-Advisor: Salvio, Luciana Andrea
Referee Member: Cruz, Mauro Cesar Alvares
Referee Member: Costa, Leonardo César
Resumo: Avaliou-se a resistência ao cisalhamento de quatro diferentes combinações de materiais para fixação de bráquetes ortodônticos ao esmalte dental. Utilizou-se 80 incisivos inferiores bovinos divididos em 08 grupos (n=10). Nos grupos G1 e G5 empregou-se um sistema adesivo de três passos + resina composta híbrida; no G2 e no G6 o sistema adesivo de três passos + resina composta híbrida com liberação de flúor; no G3 e no G7 um sistema adesivo autocondicionante + resina composta híbrida; e no G4 e no G8 um sistema adesivo autocondicionante + resina composta híbrida com liberação de flúor, sendo que os grupos G5, G6, G7 e G8 foram submetidos à termociclagem de 1000 ciclos com temperatura variando de 5ºC ±1ºC a 55ºC ±1ºC, com 30s de imersão a cada banho. Em todos os grupos empregou-se bráquetes ortodônticos metálicos Roth Kirium. A seguir realizou-se o teste de cisalhamento em uma máquina de ensaios mecânicos universal a uma velocidade de 1mm/min.. Após esta etapa, o local de fratura foi avaliado ao Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV), e as fraturas classificadas em adesiva, coesiva ou mista. Todos os corpos de prova apresentaram fratura do tipo coesiva. Concluiu-se que a superfície do esmalte foi preservada após o teste de cisalhamento e que todas as combinações de materiais testadas apresentaram valores adequados de resistência ao cisalhamento para uso clínico.
Abstract: This study evaluated the shear bond strength of four different combinations of materials for bonding orthodontic brackets to enamel. Eighty bovine mandibular incisors were used and divided into 08 groups (n = 10). The materials studied were distributed as follows: groups G1 and G5 - three steps primer + hybrid composite; groups G2 and G6 - three steps primer + hybrid composite with fluoride release ; groups G3 and G7- self etching primer + hybrid composite, groups G4 and G8 – self etching primer + hybrid composite with fluoride release. Groups G5, G6, G7 and G8 were thermal cycled for 1000 cycles at temperatures ranging from 5°C ± 1°C to 55ºC ± 1°C, and 30s dip each bath. All groups tested received a metal bracket. The shear test was performed in a universal mechanical testing machine at a speed of 1mm/min and the fracture was assessed by Scanning Electron Microscopy (SEM). Fractures were classified as adhesive, cohesive or mixed. All specimens showed a cohesive fracture type, which preserved the enamel surface after bracket debonding in the shear test. All tested materials presented the shear strength within the clinical limits. After debonding enamel integrity was preserved.
Keywords: Ortodontia
Bráquetes ortodônticos
Resistência ao cisalhamento
Orthodontics
Orthodontic Brackets
Shear Strenght
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::CLINICA ODONTOLOGICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-graduação em Clínica Odontológica
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/2467
Issue Date: 21-Dec-2011
Appears in Collections:Mestrado em Clínica Odontológica (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.