Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/14306
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
luizaguedesferreira.pdfPDF/A1.27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: A remuneração de executivos e o desempenho econômico-financeiro e de mercado das empresas: um estudo das instituições não financeiras listadas na B3
Author: Ferreira, Luiza Guedes
First Advisor: Januzzi, Flávia Vital
Referee Member: Santos, Thais Alves dos
Referee Member: Avelar, Ewerton Alex
Resumo: O objetivo deste trabalho é investigar como a remuneração dos executivos do Conselho da Administração e da Diretoria impactou o desempenho econômico-financeiro e de mercado das companhias brasileiras não financeiras que compõem a B3, no período de 2010 a 2019. Alterações percebidas nas estruturas das empresas desencadearam uma discussão acerca da profissionalização da gestão das mesmas. Tal discussão encontra suporte teórico na Teoria da Agência, que preconiza que essa profissionalização da gestão dá origem a dois sujeitos: o proprietário, chamado de principal, e o gestor contratado, chamado de agente. Esses dois sujeitos podem gerar conflitos em razão de possuírem interesses diversos. Dessa forma, a Teoria da Agência traz à tona importantes discussões sobre os papéis dos responsáveis pela tomada de decisão e dos mecanismos de monitoramento, como a remuneração, por exemplo. O método utilizado foi uma regressão quantílica com os dados em painel. A amostra constituiu-se de 188 empresas brasileiras não financeiras listadas na B3 cujos dados estavam disponíveis na base de dados Economática e ComDinheir. Concluiu-se que o sistema de remuneração impactou muito mais os indicadores econômico-financeiros do que os indicadores de mercado, sendo a remuneração variável a que mais influenciou. Dentre os indicadores econômico-financeiros, o Retorno sobre Ativos (ROA) foi o mais impactado, quando comparado ao Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE).
Abstract: The objective of this work is to investigate how the remuneration of the executives of the Board of Directors and the Board of Executive Officers impacted the economic-financial and market performance of the non-financial Brazilian companies that make up B3, in the period from 2010 to 2019. Changes perceived in the companies' structures triggered a discussion about the professionalization of their management. This discussion finds theoretical support in the Agency Theory, which advocates that this professionalization of management gives rise to two subjects: the owner, called the principal, and the hired manager, called the agent. These two subjects can generate conflicts because they have different interests. In this way, the Agency Theory brings up important discussions about the roles of those responsible for decisionmaking and monitoring mechanisms, such as remuneration, for example. The method used was a quantile regression with panel data. The sample consisted of 188 non-financial Brazilian companies listed on B3 whose data were available in the Economática and ComDinheiro database. It was concluded that the remuneration system impacted the economic-financial indicators much more than the market indicators, with variable remuneration being the one that most impacted and, among the economic-financial indicators, Return on Assets (ROA) was the most impacted when compared to Return on Equity (ROE).
Keywords: Remuneração de executivos
Teoria da agência
Conflitos de agência
Indicadores
Executive compensation
Agency theory
Agency conflicts
Indicators
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Program: Mestrado Acadêmico em Administração
Access Type: Acesso Aberto
Creative Commons License: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/14306
Issue Date: 3-Aug-2022
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Administração



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons