Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/1165
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
weronicajaernevaysilveira.pdf862.79 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Efeito de diferentes agentes de limpeza cavitária sobre o selamento marginal em cavidades classe II sob microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura
Author: Silveira, Werônica Jaernevay
First Advisor: Pereira, Marília Nalon
Referee Member: Souza, Cristiane Salgado de
Referee Member: Costa, Leonardo César
Resumo: Neste estudo foi avaliado in vitro o selamento marginal em restaurações classe II com resina composta nanoparticulada utilizando cinco diferentes agentes de limpeza cavitária por meio de microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. Vinte e cinco molares humanos hígidos foram utilizados, nos quais foram realizadas cavidades tipo slot vertical, mesial e distal, com término gengival abaixo da junção esmalte-cemento. Os dentes foram divididos aleatoriamente em cinco grupos, de acordo com o agente de limpeza empregado (n=10): Grupo Controle – uso de jato de ar/água; Grupo I – solução de ácido fosfórico a 10%; Grupo II – solução de ácido cítrico a 10%; Grupo III – solução de Clorexidina a 2%; Grupo IV – solução de EDTA a 17%. As cavidades foram restauradas com sistema adesivo convencional de três passos Scotchbond Multi-purpose eresina composta nanoparticulada Z350 ambos da 3M-ESPE. Os espécimes foram submetidos à 5000 ciclos com temperaturas de 5ºC + 2ºC e 55ºC+ 2ºC, em banhos alternados de 30 segundos cada. Posteriormente, os espécimes foram imersos por 24 horas em solução de nitrato de prata amoniacal, em seguida em revelador radiográfico por 8 horas sob luz fluorescente. Foram seccionados no sentido mesio-distal para avaliação da microinfiltração marginal em microscopio óptico e eletrônico de varredura por meio de escores. Os resultados foram submetidos a análise estatística pelo teste nãoparamétrico de Kruskal Wallis, e análise de Variância de Mann-Whitney com significância de 5%. Pode-se concluir que a substância desmineralizante EDTA foi o agente de limpeza cavitária que teve maior percentual de escore 3, logo menor occorrência de microinfiltraçãol quando comparado as demais substâncias testadas. O ácido cítrico a 10% apresentou piores resultados, não sendo, portanto seu uso indicado como agente de limpeza cavitária. Em relação ao ácido fosfórico 10%, Clorexidina a 2% e a água destilada, os mesmos não tiverem diferenças estatisticamente significantes. Sendo assim, diante dos resultados não se pode afirmar que as substâncias desmineralizantes são mais eficazes que as não desmineralizantes, quando avaliados em microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura.
Abstract: This study evaluated the in vitro microleakage in class II restorations with composite nanoparticles using five different cleaning agents cavity by means of optical microscopy and scanning electron microscopy. Twenty-five human molars were used, which were performed in the vertical slot type cavities, mesial and distal gingival ending below the cemento-enamel junction. The teeth were randomly divided into five groups, according to the cleaning agent used (n = 10): control group - use of air jet / water; Group I - solution of phosphoric acid 10%, Group II - solution citric acid 10%, Group III - Chlorhexidine Solution 2% and Group IV - EDTA solution to 17%. The cavities were restored with conventional adhesive system of three steps Scotchbond Multi-purpose composite nanoparticle eresina both Z350 3M ESPE. The specimens were subjected to 5000 cycles with temperatures of 5 º C + 2 º C and 55 º C + 2 º C in alternating baths of 30 seconds each. Subsequently, the specimens were immersed for 24 hours in a solution of ammoniacal silver nitrate, then in radiographic developer for 8 hours under fluorescent light. Were sectioned mesio-distal to evaluate the microleakage in optical microscope and scanning electron microscope by means of scores. The results were statistically analyzed by the non-parametric Kruskal Wallis analysis of variance and the Mann-Whitney test with significance level of 5%. It can be concluded that the substance EDTA demineralization was cleaning agent cavity that had the greatest number of scores 3, lower right occorrência microinfiltraçãol when compared to the other substances tested. Citric acid 10% had worse outcomes, and therefore not its intended use as a cleaning agent cavity. Relative to 10% phosphoric acid, Chlorhexidine 2% and distilled water, they do not have statistically significant differences. Thus, before the results can not be said that the demineralizing substances are more effective than non demineralization, when evaluated in light microscopy and scanning electron microscopy.
Keywords: Limpadores cavitários
Lama dentinária
Microinfiltração
Agentes mineralizantes
Agentes não-desmineralizantes
Cavity cleaners
Smear layer
Microleakage
Desmineralizing agents
Non-demineralizing agents
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::CLINICA ODONTOLOGICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-graduação em Clínica Odontológica
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/1165
Issue Date: 24-May-2013
Appears in Collections:Mestrado em Clínica Odontológica (Dissertações)



Items in DSpace are protected by Creative Commons licenses, with all rights reserved, unless otherwise indicated.