Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/10261
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mariaizabelferreiramendes.pdf4.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Tese
Title: Saúde e desenvolvimento: três ensaios sobre condições iniciais
Author: Mendes, Maria Izabel Ferreira
First Advisor: Feres, Flávia Lúcia Chein
Co-Advisor: Amaral, Luciana Soares Luz do
Referee Member: Schiavon, Laura de Carvalho
Referee Member: Freguglia, Ricardo da Silva
Referee Member: Pazello, Elaine Toldo
Referee Member: Castro, Rudi Rocha
Resumo: Esta tese é composta por três ensaios que analisam como os choques de saúde nos períodos iniciais de vida afetam a acumulação do capital humano. O primeiro artigo, “Efeitos de longo prazo da malária sobre os resultados educacionais na região amazônica brasileira” utiliza o estimador de diferenças em diferenças para explorar a variação quase exógena do risco de malária no espaço e no tempo entre as coortes localizadas em municípios onde houve uma mudança na classificação de risco de malária. Os bancos de dados utilizados são Prova Brasil (Inep- 2007 e 2011) e Sismal (Sistema de Informações de Controle da Malária). A hipótese é que nascer em uma área de alto ou médio risco de malária implica em uma exposição iminente à doença. Os resultados mostram que esta exposição ao nascer pode estar negativamente correlacionada com a proficiência em Português e Matemática. No segundo ensaio, “O efeito da ampliação de serviços de saúde sobre o status nutricional e de saúde das crianças mineiras: um estudo de caso sobre o Programa Viva Vida”, foram realizadas duas análises. O método de diferenças em diferenças é empregado para verificar se a ampliação da oferta de procedimentos assistenciais, proporcionada pela inauguração dos Centros Viva Vida (CVVRS) no estado de Minas Gerais, contribuiu para a geração de um efeito saúde sobre a população. A hipótese é que o CVVRS contribui diretamente para a diminuição da Taxa de Mortalidade Infantil e da Razão Morte Materna à medida que amplia a oferta de procedimentos assistenciais na atenção secundária, minimizando, portanto, os óbitos por causas evitáveis. Os resultados mostram que as regiões cobertas pelos CVVRS apresentaram uma redução nos indicadores em relação aos municípios que não estão cobertos. A segunda análise avalia o impacto do Programa Viva Vida sobre a saúde das crianças de seis a 48 meses. A hipótese a ser testada é se as ações implementadas nos três níveis de atenção de saúde foram capazes de proporcionar ganhos de saúde nas coortes expostas ao programa, avaliados pelas medidas antropométricas: Peso por Idade, Altura por Idade, Peso por Altura e Índice de Massa Corporal. Estes indicadores foram extraídos da Pesquisa do Orçamento Familiar (POF- edições 2002/2008). Foi utilizado a combinação de dois métodos de estimação: pareamento por escore de propensão e diferenças em diferenças. Os resultados indicam que não houve redução da proporção de crianças desnutridas e em desnutrição grave entre as coortes expostas ao programa em relação às não expostas. Finalmente, o ensaio “O efeito da parcela de contribuição da mãe no orçamento familiar sobre os resultados nutricionais dos filhos” investiga em que medida a parcela de contribuição da mulher sobre o orçamento familiar pode afetar os resultados de saúde dos filhos menores de 60 meses. Supõe-se que a mulher que não contribui financeiramente no domicílio possui apenas acesso aos rendimentos gerados por outros membros. Enquanto que entre aquelas que contribuem financeiramente para o orçamento familiar, o controle sobre os recursos é diretamente relacionado à parcela de contribuição. A saúde dos filhos é medida pela probabilidade de apresentarem desnutrição de acordo com os indicadores nutricionais de Peso por Idade, Peso por Altura, Altura por Idade e Índice de Massa Coporal. Os dados foram coletados da Pesquisa de Orçamento Familiar (edições 2002/ 2008). O método adotado é a regressão logística. Os resultados indicam que a probabilidade de desnutrição está associada ao percentual de contribuição da mãe no orçamento familiar, à faixa etária da criança e ao tipo de indicador nutricional observado.
Abstract: This thesis is composed of three essays that analyze how the health shocks in the initial periods of life affect the accumulation of human capital. The first article, "Long-term effects of malaria on educational outcomes in the Brazilian Amazon region" applies the differences-in-differences estimator to explore the near-exogenous variation in malaria risk in space and time between cohorts located in municipalities where there was a change in malaria risk classification. The databases used are Prova Brasil (Inep- 2007 and 2011) and Sismal (Malaria Control Information System). The hypothesis is that being born in an area of high or medium risk of malaria implies an imminent exposure to the disease. The results show that this exposure at birth may be negatively correlated with proficiency in Portuguese and Mathematics. In the second essay, "The effect of the expansion of health services on the nutritional and health status of the children of Minas Gerais: a case study on the ‘Viva Vida’ Program", two analyzes were carried out. The method of differences in differences is used to verify if the expansion of the offer of assistance procedures, provided by the inauguration of the ‘Centros Viva Vida’ (CVVRS) in the state of Minas Gerais, contributed to the generation of a health effect on the population. The hypothesis is that CVVRS contributes directly to the reduction of the Infant Mortality Rate and the Maternal Death Ratio as it increases the supply of care procedures in secondary care, thus minimizing deaths due to preventable causes. The results show that the regions covered by the CVVRS showed a reduction in the indicators in relation to the municipalities that are not covered. The second analysis assesses the impact of the ‘Viva Vida’ Program on the health of children aged six to 48 months. The hypothesis to be tested is whether the actions implemented in the three levels of health care were able to provide health gains in the cohorts exposed to the program, evaluated by the anthropometric measures: Weight by Age, Height by Age, Weight by Height and Mass Index Corporal. These indicators were extracted from the Pesquisa de Orçamento Familiar (POF - 2002/2008). We used the combination of two estimation methods: propensity score matching and differences in differences. The results indicate that there was no reduction in the proportion of undernourished children and in severe malnutrition among the cohorts exposed to the program in relation to the non-exposed cohorts. Finally, the essay "The effect of the contribution of the mother to the family budget on the nutritional outcomes of the children" investigates the extent to which the contribution of women to the family budget can affect the health outcomes of children under 60 months. It is assumed that women who do not contribute financially at home have only access to income generated by other members. While among those who contribute financially to the family budget, control over resources is directly related to the contribution share. Child health is measured by the probability of presenting malnutrition according to the nutritional indicators of Weight by Age, Weight by Height, Height by Age and Body Mass Index. Data were collected from the Pesquisa de Orçamento Familiar (POF - 2002/2008). The method adopted is logistic regression. The results indicate that the probability of malnutrition is associated with the percentage of the mother's contribution in the family budget, the age group of the child and the type of nutritional indicator observed.
Keywords: Capital humano
Condições iniciais
Saúde infantil
Resultados educacionais
Indicadores nutricionais
Orçamento familiar
Human capital
Initial conditions
Child health
Educational outcomes
Nutritional indicators
Family budget
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Economia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Access Type: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Creative Commons License: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/10261
Issue Date: 6-Jun-2019
Appears in Collections:Doutorado em Economia (Teses)



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons