Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/10226
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
wandervynycyusjosemaria.pdf2.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Type: Dissertação
Title: Prazer e sofrimento do Assistente em Administração ingressante na Universidade Federal de Juiz de Fora
Author: Maria, Wander Vynycyus José
First Advisor: Lima Júnior, José Humberto Viana
Referee Member: Machado, Márcia Cristina da Silva
Referee Member: Castro, Maria Cristina Drumond e
Resumo: O trabalho é considerado não somente como forma de subsistência, mas também elemento que faz parte da subjetividade de cada ser humano, podendo gerar frustrações, expectativas e auxiliando a constituir sua personalidade. Neste contexto, ele passa a ser visto tanto como forma de prazer como também de sofrimento, exigindo investigações nas relações entre saúde e trabalho, para identificar quais fatores estariam associados a essa equação. Assim, as condições e a organização do trabalho impactam no desgaste e no prazer do trabalhador. É imprescindível a compreensão da interação da pessoa com seu ambiente de trabalho, pois a partir desta investigação é possível ampliar o entendimento dos fatores de risco envolvidos no processo de saúde-doença no trabalho, bem como a partir dos dados obtidos de estudos exploratórios, auxiliar no planejamento e na elaboração de intervenções para que possam contribuir para a promoção de saúde, reabilitação e a melhoria da qualidade de vida no trabalho. A presente dissertação realizou um estudo qualitativo com a finalidade de identificar os fatores que na percepção do assistente em administração ingressante na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) têm implicações nos sentimentos de prazer e desgaste no trabalho, explorando a relação entre organização e condições de trabalho, visando apreender as opiniões, angústias, medos, motivações e interesses no contexto do trabalho. Para tanto, adotou-se como amostra os ocupantes do cargo de assistente em administração que ingressaram na Instituição no período de 2013 a 2016. A pesquisa se desenvolveu no âmbito do Campus Juiz de Fora. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevistas com roteiro semiestruturado e pesquisa documental. Os dados foram tratados por análise de conteúdo. Os resultados do estudo realizado apontaram que um processo de adaptação insatisfatório é capaz de causar sofrimento e desgaste no trabalhador inadaptado. Foram revelados diversos fatores de prazer e sofrimento no trabalho, e que grande parte deles foram oriundos do período de adaptação ao trabalho. Esses dados contribuíram com a elaboração de proposta de ações de intervenção, que visaram o aprimoramento do processo de integração e adaptação dos assistentes em administração ingressantes na UFJF.
Abstract: Work is considered not only as a form of subsistence, but also an element that is part of the subjectivity of each human being, which can generate frustrations, expectations and helping to constitute the personality. In this context, the work is seen as both a form of pleasure and suffering, requiring investigations into the relationship between health and work, to identify which factors would be associated. Thus, the conditions and organization of the work impact on the worker's suffering and pleasure. It is essential to understand the person's interaction with the work environment, because from this investigation it is possible to broaden the understanding of the risk factors involved in the health-illness process at work, as well as from the data obtained from exploratory studies, auxiliary in the planning and elaboration of interventions so that they can contribute to the promotion of health, rehabilitation and the improvement of the quality of life at work. The present dissertation carried out a qualitative study with the purpose of identifying the factors that in the perception of the administrative assistants at the Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) have implications on the feelings of pleasure and attrition at work, exploring the relationship between organization and working conditions, aiming at apprehending the opinions, anxieties, fears, motivations and interests in the work context. In order to conduct the study, it was adopted a sample of twenty administrative assistants who joined the institution in the period from 2013 to 2016. The research took place in the Juiz de Fora Campus. Data were collected through interviews with semi - structured script and documentary research. The data were treated as from the content analysis technique. The results of the study showed that an unsatisfactory adaptation process is capable of causing suffering and attrition in the unsuitable worker. Several factors of pleasure and suffering were revealed at work, and that many of them came from the period of adaptation to work. These data contributed to the elaboration of a proposal for intervention actions, aimed at improving the process of integration and adaptation of administrative assistants from the UFJF.
Keywords: Administração Pública
Gestão de pessoas
Prazer e sofrimento no trabalho
Public Administration
People management
Suffering and well-being at work
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Institution Initials: UFJF
Department: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Program: Mestrado profissional em Administração Pública (Andifes)
Access Type: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Creative Commons License: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/10226
Issue Date: 10-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Administração Pública (Dissertações)



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons