DSpace Repository

A construção do vínculo das enfermeiras da estratégia de saúde da família com as gestantes HIV positivo

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Alves, Marcelo da Silva
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700487D9 pt_BR
dc.contributor.referee1 Borges, Moema da Silva
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4762326P8 pt_BR
dc.contributor.referee2 Salimena, Anna Maria de Oliveira
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4734483E0 pt_BR
dc.contributor.referee3 Paiva, Bianca Sakamoto Ribeiro
dc.contributor.referee3Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4776428Y5 pt_BR
dc.contributor.referee4 Simões, Maria Carmem
dc.contributor.referee4Lattes htpp://cnpq.br pt_BR
dc.creator Guelber, Flávia Alves Condé Pires
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4249446J1 pt_BR
dc.date.accessioned 2016-02-26T12:59:21Z
dc.date.available 2016-02-17
dc.date.available 2016-02-26T12:59:21Z
dc.date.issued 2014-08-27
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/764
dc.description.abstract Qualitative study, anchored in the Sociology of Everyday Life by Michel Meffesoli, which aims to identify nurses' perceptions regarding the construction of the bond in assisting in the Family Health Strategy with HIV-positive pregnant women and understand how this bond is built or thought in their daily lives. The concerns that led me to conduct this study arose during my tenure as a resident nurse a Unit Primary Health Care, the care provided during the prenatal period. For data collection was used to semi-structured with ten participants who agreed to participate after reading the Statement of Informed Consent interview. Information analysis was performed under the light of Reason Sensitive, which constitutes the methodological framework of the Sociology of Everyday Life. After reviewing the information, four categories emerged: 1) The bond lived and thought as supportive and humanistic care; 2) Trust as a way to build the link in the daily care of HIV positive pregnant women; 3) The bond as social cement in relation to "be / being-together" under the interactionist and logic 4) The construction of the link as a link that favors the development of health. From the analysis, it was possible to learn that nurses maintain the bond after forwarding the pregnant woman or the specialized service this bond is likely to be built right to convey them being cultivated in daily life, through actions of solidarity and guided care humanistic aspects of our profession, through the relations of trust between nurses and pregnant. In this relationship, the nurse sees the possibility of being-together to pregnant women, providing actions that enable it to keep up on the unit. pt_BR
dc.description.resumo Estudo de natureza qualitativa, ancorado na Sociologia do Cotidiano de Michel Maffesoli, que teve como objetivo geral compreender a percepção das enfermeiras em relação à construção do vínculo na assistência prestada na Estratégia de Saúde da Família com as gestantes HIV positivo, conhecendo assim como este vínculo é construído ou pensado no seu cotidiano. As inquietações que me levaram a realizar este estudo surgiram durante minha atuação como enfermeira residente de uma Unidade de Atenção Primária à Saúde, na assistência prestada durante o pré-natal. Para coleta das informações foi utilizada a entrevista semiestruturada com dez voluntários que aceitaram participar da pesquisa após a leitura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A análise das informações foi realizada sob a luz da Razão Sensível, que se constitui no referencial metodológico da Sociologia do Cotidiano. Após análise das informações, emergiram quatro categorias: 1) O vínculo vivido e pensado como cuidado solidário e humanístico; 2) A confiança como forma de se construir o vínculo no cotidiano do cuidado à gestante HIV positivo; 3) O vínculo como cimento social na relação de “ser/estar-junto” sob a lógica interacionista e 4) A construção do vínculo como elo que favorece o desenvolvimento das ações de saúde. A partir da análise, foi possível apreender que as enfermeiras mantêm o vínculo após encaminhar a gestante ao serviço especializado ou este vínculo é passível de ser construído mesmo ao encaminhá-las, sendo cultivado no cotidiano, por meio de ações de cuidados pautados na solidariedade e nos aspectos humanísticos de nossa profissão e nas relações de confiança entre enfermeira e gestante. Nessa relação, a enfermeira visualiza a possibilidade de estar-junto à gestante, proporcionando ações que possibilitem mantê-la em acompanhamento na unidade. pt_BR
dc.description.sponsorship FAPEMIG - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Faculdade de Enfermagem pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em Enfermagem pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Enfermagem pt_BR
dc.subject Vínculo pt_BR
dc.subject Gestante pt_BR
dc.subject Nursing pt_BR
dc.subject Bond pregnant pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM pt_BR
dc.title A construção do vínculo das enfermeiras da estratégia de saúde da família com as gestantes HIV positivo pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record