DSpace Repository

Prevalência de quedas e fatores associados em idosos brasileiros da comunidade: revisão sistemática e metanálise

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Felício, Diogo Carvalho
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4201503Z3 pt_BR
dc.contributor.referee1 Leopoldino, Amanda Aparecida Oliveira
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4432488T6 pt_BR
dc.contributor.referee2 Vieira, Renata Alvarenga
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4167085T8 pt_BR
dc.creator Elias Filho, José
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4277241H7 pt_BR
dc.date.accessioned 2018-09-04T13:23:28Z
dc.date.available 2018-08-31
dc.date.available 2018-09-04T13:23:28Z
dc.date.issued 2018-07-11
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/7232
dc.description.abstract INTRODUCTION: Falls represent one of the major health problems of the elderly with serious adverse outcomes such as fractures, reduction of functional capacity and death, which generates high socioeconomic costs. For the most part, falls are preventable, which raises investigations into the issue. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of falls and associated factors in Brazilian elderly. METHODOLOGY: This is a systematic review with meta-analysis reported according to the PRISMA checklist. The protocol for this review was registered in the International Prospective Register of Systematic Reviews (PROSPERO) system (CRD42018092326). The databases selected were Scielo, Pubmed, Lilacs, Web of Science, Scopus and PsicInfo with no date or language restrictions. The following descriptors were used: elderly, falls, Brazil, epidemiology, prevalence, incidence and their variations, in accordance with search manuals. Studies on community-based elderly, with no restrictions on sex and more than 300 participants, were included. Exclusion criteria were studies conducted specifically with seniors diagnosed with chronic disabling diseases that predispose them to falls. The Prevalence Critical Appraisal Instrument was applied to assess the methodological quality of the studies. Regarding the statistical analysis, the prevalence analysis of falls was calculated using the random effect model. A funnel plot was used to check for publication bias and the Begg–Mazumdar and Egger tests to quantify the results. Factors associated with falls were examined using sensitive analysis. RESULTS: Thirty-six studies involving 54,421 seniors were included. The prevalence of falls was 26.2% (95% CI 23.2-29.4%). With respect to associated factors, women are more susceptible to falls, advancing age is a risk factor, the follow-up period did not influence the findings and the Center-West region exhibited the highest percentages. CONCLUSION: The findings confirm the need for fall prevention strategies and the clinical management of the adverse repercussions pt_BR
dc.description.resumo INTRODUÇÃO: As quedas representam um dos principais agravos à saúde dos idosos com graves desfechos adversos como fraturas, redução da capacidade funcional e óbito o que gera altos custos socioeconômicos. Em sua maioria, as quedas são passíveis de prevenção o que suscita investigações sobre o tema. OBJETIVOS: Estimar a prevalência de quedas e fatores associados em idosos brasileiros. METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão sistemática com metanálise reportada conforme o checklist PRISMA. O protocolo dessa revisão foi registrado no International Prospective Register of Systematic Reviews (PROSPERO) system (CRD42018092326). As bases de dados selecionadas foram Scielo, Pubmed, Lilacs, Web of Science, Scopus e PsicInfo sem restrição de data ou idioma. Foram utilizados os seguintes descritores em inglês: Idoso, Quedas, Brasil, Epidemiologia, Prevalência, Incidência e suas variações conforme os manuais de busca. Foram incluídos estudos com idosos da comunidade, sem restrição de gênero e com amostra superior a 300 participantes. Foram excluídos estudos realizados especificamente com idosos com diagnóstico de doenças crônicas e incapacitantes que predispõem a quedas. O instrumento The Prevalence Critical Appraisal Instrument foi utilizado para avaliar a qualidade metodológica dos estudos. Quanto a análise estatística, a prevalência de quedas foi calculada por meio do modelo de efeito aleatório, o gráfico do funil foi utilizado para verificar a presença de viés de publicação e os testes de Begg–Mazumdar e Egger para quantificar os resultados do gráfico. Os fatores associados a quedas foram examinados por meio de análise sensitiva. RESULTADOS: Foram incluídos na revisão 36 estudos totalizando 54.421 idosos. A prevalência agrupada de quedas foi de 26,2% (95% IC 23,2-29,4%). Dentre os fatores associados observamos que mulheres estão mais susceptíveis a quedas, o avançar da idade representa um fator de risco, o período de seguimento não influenciou os achados e a região centro-oeste apresenta os percentuais mais elevados. CONCLUSÃO: Os achados confirmam a necessidade de estratégias de prevenção de quedas e o manejo clínico das repercussões adversas pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Faculdade de Fisioterapia pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação e Desempenho Físico-Funcional pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Embargado pt_BR
dc.subject Quedas pt_BR
dc.subject Idoso pt_BR
dc.subject Brasil pt_BR
dc.subject Prevalência pt_BR
dc.subject Acidental falls pt_BR
dc.subject Aged pt_BR
dc.subject Brazil pt_BR
dc.subject Prevalence pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL pt_BR
dc.title Prevalência de quedas e fatores associados em idosos brasileiros da comunidade: revisão sistemática e metanálise pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record