DSpace Repository

Invertebrados de fitotelmata bromelícola em remanescentes de Mata Atlântica (Minas Gerais, Brasil)

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Alves, Roberto da Gama
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786514D7 pt_BR
dc.contributor.referee1 Prezoto, Fábio
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761644D0 pt_BR
dc.contributor.referee2 Dias, Roberto Júnio Pedroso
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4774305Y2 pt_BR
dc.creator Paula Júnior, Antonio Teixeira de
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4164552P6 pt_BR
dc.date.accessioned 2016-01-25T18:49:05Z
dc.date.available 2016-01-22
dc.date.available 2016-01-25T18:49:05Z
dc.date.issued 2014-02-24
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/467
dc.description.abstract The bromeliad fauna provides a high potential to understanding the landscape ecology. With the expansion of agricultural activities, forest remnants have been reduced to small patches of vegetation, making the species more vulnerable to the effects of this landscape modification. This study aims to characterize the community structure of aquatic invertebrates in four morphospecies of bromeliads between 0 and 1.9 m height above the ground in a gradient from the edge to the interior of forest fragments of Atlantic Forest that have different sizes, shapes and distances apart and are located near areas of grassland and planted forests in a region of Serra da Mantiqueira (Brazil). The most abundant groups were Ostracoda, Culicidae, Chironomidae and Scirtidae. Greater diversity and richness were found in less isolated, probably by the ease of dispersion among fragments. The richness and diversity of invertebrates observed were similar in different distances from the edge, suggesting the absence of influence of the gradient on the invertebrate bromeliad fauna in the studied fragments. Regarding the type of matrix, both the abundance and richness observed were similar in planted forest and pasture. Nor does the composition of taxa varied in relation to the type of matrix. The diversity, richness and faunal composition were not associated with the bromeliad height from the ground, the morphospecies and the water volume gathered, there was no difference between the bromeliads of the beginning of the research and of the end. It was concluded that the structure and distribution of the bromeliad invertebrates were not influenced by the effects of the gradient away or by the type of the surrounding landscape. pt_BR
dc.description.resumo A fauna bromelícola propicia um alto potencial para o entendimento da ecologia de paisagens. Com a expansão das atividades agropecuárias, remanescentes florestais têm sido reduzidos a pequenas manchas de vegetação, tornando as espécies mais vulneráveis aos efeitos decorrentes dessa modificação da paisagem. O presente estudo visa caracterizar a estrutura das comunidades de invertebrados aquáticos em quatro morfoespécies de bromélias situadas entre 0 e 1,9m de altura em relação ao solo em um gradiente de distância da borda em direção ao interior de fragmentos florestais da Mata Atlântica que apresentam diferentes tamanhos, formas e distâncias entre si e estão localizados próximos a áreas de pastagens e florestas plantadas, em uma região da Serra da Mantiqueira (Brasil). Os grupos mais abundantes foram Ostracoda, Culicidae, Chironomidae e Scirtidae. Maior diversidade e riqueza foram encontradas nos fragmentos menos isolados, provavelmente pela maior facilidade de dispersão entre os indivíduos. A riqueza observada e a diversidade de invertebrados foram similares nas diferentes distâncias da borda, sugerindo ausência de influência do gradiente sobre a fauna de invertebrados bromelícolas nos fragmentos estudados. Com relação ao tipo de matriz, tanto a abundância como a riqueza observada foram similares em matriz de floresta plantada e pastagem. A composição de táxons também não variou em relação ao tipo de matriz. A diversidade, a riqueza e a composição faunística não tiveram relação com a altura da bromélia em relação ao solo, a morfoespécie e o volume de água coletado, também não houve diferença entre as bromélias do início das coletas e as do do final. Foi possível concluir que a estrutura e distribuição de invertebrados bromelícolas não foram influenciadas pelos efeitos do gradiente de distância nem pelo tipo de paisagem do entorno. pt_BR
dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department ICB – Instituto de Ciências Biológicas pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas: Comportamento e Biologia Animal pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Alterações ambientais pt_BR
dc.subject Bromélias pt_BR
dc.subject Estrutura da comunidade pt_BR
dc.subject Efeito de borda pt_BR
dc.subject Fragmentos de mata pt_BR
dc.subject Macroinvertebrados pt_BR
dc.subject Environmental changes pt_BR
dc.subject Bromeliads pt_BR
dc.subject Community structure pt_BR
dc.subject Edge effect pt_BR
dc.subject Forest fragments pt_BR
dc.subject Macroinvertebrates pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL pt_BR
dc.title Invertebrados de fitotelmata bromelícola em remanescentes de Mata Atlântica (Minas Gerais, Brasil) pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record