DSpace Repository

Pela moralização do trabalho e prosperidade da indústria nacional: a escola agrícola união indústria (1864-1884)

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Martins, Maria Fernanda Vieira
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4797643H7 pt_BR
dc.contributor.referee1 Barata, Alexandre Mansur
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4775887D4 pt_BR
dc.contributor.referee2 Corrêa, Maria Letícia
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782941P9 pt_BR
dc.creator Mattos, Adalberto Alves de
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4403682D4 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-12-17T17:59:45Z
dc.date.available 2015-12-17
dc.date.available 2015-12-17T17:59:45Z
dc.date.issued 2015-08-21
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/293
dc.description.abstract The Agricultural School Union Industry created in 1869 was the result of a series of policies and discussions that aimed to modernize the national agriculture, the context changes spurred the creation of several centers specializing in agriculture in the second half of the nineteenth century. We mentioned all the measures doses, which enabled the foundation of various companies and institutions related to agriculture, the main Brazilian industry at the time and main source of the Imperial state revenue. Were created in this context from the late 1850's and early 1860 several Imperial Institutes of Agriculture, as the Imperial Fluminense Institute, The Imperial Baiano Institute, The Imperial Institute of Pernambuco, Sergipe The Imperial Institute and The Imperial River Institute Rio-grandense. In parallel to the institutes the foundation of several companies linked to private capital as the Company Industry Association. This company founded by Mariano Procópio Ferreira Lage headed the foundation's Agricultural Industry Union School, the first school of classical studies inaugurated in 1869. Rooted in the province of Minas Gerais, in Juiz de Fora Municio, this institution would be the realization a wish expressed by the Imperial government since the arrival of the royal family to Brazil in 1808 and only found his blows after contractual settlement received by the Company Union industry in the year 1864. From this condition Mariano Procópio Ferreira Lage, founder and president Industry Union Company, starts a series of surveys in Europe seeking to meet the contractual requirement which provided the foundation of a practical school in agriculture, the choices and creating strategies that institution corroborated for founding an institute that exceeded expectations of the Imperial government, for the very contractual determination provided the foundation for a practical school in agriculture, but what we observe is the opening of an institute of classical studies in agriculture, the first school of its kind in Brazil. Our goal is to study the share of contribution of the first Agricultural School of Classical Studies in Brazil, revealing his assertion strategies and policies to promote agricultural science, drawing a parallel between the political and state related to agriculture and the Company's activities Industry Association in the second half of the nineteenth century. pt_BR
dc.description.resumo A Escola Agrícola União Indústria criada em 1869 foi o resultado de uma série de políticas e discussões que objetivavam a modernização da agricultura nacional, o contexto de mudanças impulsionou a criação de vários centros especializados em agricultura na segunda metade do século XIX. Mencionamos o conjunto de medidas tomas, que possibilitaram a fundação de diversas empresas e instituições ligadas a agricultura, a principal indústria brasileira da época e principal fonte de receita do estado Imperial. Foram criadas nesse contexto a partir do final dos anos de 1850 e início dos anos de 1860 vários Imperiais Institutos de Agricultura, como o, Imperial Instituto Fluminense, O Imperial Instituto Baiano, O Imperial Instituto Pernambucano, O Imperial Instituto Sergipano e O Imperial Instituto Rio-grandense. Paralelamente aos institutos a fundação de diversas companhias ligadas ao capital privado como a Companhia União Indústria. Essa empresa fundada por Mariano Procópio Ferreira Lage esteve à frente da fundação da Escola Agrícola União Indústria, a primeira escola de estudos clássicos inaugurada no ano de 1869. Radicada na província de Minas Gerais, no municio de Juiz de Fora, esta instituição seria a concretização de um desejo manifestado pelo governo Imperial desde a chegada da família real ao Brasil em 1808 e que só encontrou suas vias de fato após determinação contratual recebida pela Companhia União indústria no ano de 1864. A partir dessa condição Mariano Procópio Ferreira Lage, fundador e presidente da Companhia União Indústria, inicia um série de pesquisas na Europa buscando cumprir a exigência contratual que previa a fundação de uma escola prática em agricultura, as escolhas e estratégias de criação dessa instituição corroboraram para fundação de um instituto que superou as expectativas do governo Imperial, pois a própria determinação contratual previa a fundação de uma escola prática em agricultura, mas o que se observou foi a inauguração de um instituto de estudos clássicos em agricultura, a primeira escola desse gênero no Brasil. Nosso objetivo é estudar a parcela de contribuição da primeira Escola Agrícola de estudos Clássicos do Brasil, revelando suas estratégias de afirmação e políticas de promoção da ciência agrícola, traçando um paralelo entre as políticas e de estado relacionadas à agricultura e as atividades da Companhia União Indústria na segunda metade do século XIX. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department ICH – Instituto de Ciências Humanas pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em História pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Reforma agrícola pt_BR
dc.subject Companhia União Indústria pt_BR
dc.subject Segundo Reinado pt_BR
dc.subject Agricultural reform pt_BR
dc.subject Union Industry Company pt_BR
dc.subject Second Empire pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA pt_BR
dc.title Pela moralização do trabalho e prosperidade da indústria nacional: a escola agrícola união indústria (1864-1884) pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record