DSpace Repository

7 de Abril: usos políticos e representações na Regência (1831 - 1840)

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Martins, Maria Fernanda Vieira
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4797643H7 pt_BR
dc.contributor.referee1 Barata, Alexandre Mansur
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4775887D4 pt_BR
dc.contributor.referee2 Andrade, Marcos Ferreira de
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4796276A4 pt_BR
dc.creator Fernandes, Gabriela da Silva Ramos
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4487130J5 pt_BR
dc.date.accessioned 2016-08-05T11:50:01Z
dc.date.available 2016-08-04
dc.date.available 2016-08-05T11:50:01Z
dc.date.issued 2013-12-04
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/2297
dc.description.abstract The following research project looks to understand the abdication of D. Pedro I and the way in which it was perceived and used throughout the Regency, 1831 – 1840. To achieve this, we used some of the main periodicals which circulated within in Rio de Janeiro’ Court; Aurora Fluminense, O Seted’Abril, O Caramuru, O VerdadeiroCaramuruand O Exaltado. We discovered that the 7th of April marked the beginning of a new era in which political power was no longer concentrated with the Emperor, allowing for the insurgence of a certain cultural environment which guaranteed greater freedom for the manifestation of other political positions. In this way, moderados, exaltados, and caramurus demonstrated their political representations of the 7th of April in order to legitimize their power and to guarantee greater participation, or note their opposition to the government of that time. As such, we seek to show that the 7th of April Movement was not intended for all groups in the same way, rather, that it could have been used for various political agendas and that different political representations could have been mobilized according to how it was interpreted and whose interests it may have served. pt_BR
dc.description.resumo O presente trabalho busca compreender a abdicação de d. Pedro I e as formas como foi percebida e utilizada ao longo da Regência, 1831 - 1840. Para tanto, utilizamos como fontes alguns dos principais periódicos que circularam na corte do Rio de Janeiro; Aurora Fluminense, O Sete d’Abril, O Caramuru, O Verdadeiro Caramuru e O Exaltado. Percebemos que o 7 de Abril marcava o início de um novo tempo em que o poder não estava mais concentrado no imperador, o que deu margens para o surgimento de um ambiente cultural que garantia uma maior liberdade para a manifestação dos posicionamentos políticos. Assim, moderados, exaltados e caramurus colocaram em cena suas representações do 7 de Abril, fosse para legitimar seu poder, para garantir uma maior participação política ou para marcar sua oposição ao governo vigente. Dessa forma, buscamos mostrar que o movimento não era entendido por todos os grupos de uma mesma maneira, que ele podia receber usos políticos diversos e que diferentes representações podiam ser mobilizadas de acordo com quem o interpretava e com quais interesses o fazia. pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department ICH – Instituto de Ciências Humanas pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em História pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Abdicação pt_BR
dc.subject Usos políticos pt_BR
dc.subject Representações pt_BR
dc.subject Abdication pt_BR
dc.subject Political agendas pt_BR
dc.subject Representations pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA pt_BR
dc.title 7 de Abril: usos políticos e representações na Regência (1831 - 1840) pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record