DSpace Repository

Entre mitos, silenciamentos e circularidades: a cobertura televisiva do câncer e suas formas de percepção

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Coutinho, Iluska Maria da Silva
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4707349D2 pt_BR
dc.contributor.referee1 Neves, Teresa Cristina da Costa
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4708309Z2 pt_BR
dc.contributor.referee2 Sacramento, Igor Pinto
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4759462Z2 pt_BR
dc.creator Pereira, Allan de Gouvêa
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4474376U8 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-12-14T15:53:04Z
dc.date.available 2015-12-14
dc.date.available 2015-12-14T15:53:04Z
dc.date.issued 2015-02-25
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/201
dc.description.abstract Analysis of journalistic production and the relationships health and communication, in the context of Brazilian television, in cancer approach by news of public and commercial broadcasters. The empirical research has as parameters the theoretical foundations of journalism and television journalism nowadays, health communication and social relations mediated by Brazilian television, which intends to be an actual public space. Health communication is analyzed here in an ideological perspective, as a potential strategy for the promotion and education for life’s quality and development. The study includes news transmitted in one of the most consolidated television products of Rede Globo – the Jornal Nacional, through the content analysis, with qualitative and quantitative criteria. In a second perspective, we adopt a benchmarking procedure with another product journalistic offered by a public TV – where you expect a greater social commitment, with impartiality and independence, seeking dominance of the public interest. It was selected the Repórter Brasil Noite, the most representative television news from TV Brasil (because it is the most long-lived TV newscast from TV Brasil, broadcast daily in prime time and with greater reach), which is the main public broadcaster of the country's current broadcasting system. This project analyzes critically the construction of elements of journalistic narrative and its structural strategies, establishing an overview of the interdisciplinary dialogue between communication and health. In addition to these news programs, others were analyzed, engaged in some measure, a specialized health approach: Bem-estar (Globo) and Ser Saudável (TV Brasil). The discussion took into account the disagrees and tensions commons in this approach, especially from the mobilized knowledge and the speeches of the social actors involved, given the symbolic relations that permeate the television journalism. Taking the relevance of this theme into account, the aim was to map the meanings that emerge from this treatment, besides the reception of such content by the public involved. Neoplasms are often represented in the media as symbols of pain, suffering and mutilation, and remains a matter of taboos, prejudices and unknowns in society. The study aims therefore necessary to examine the role of television journalism in the (de)construction of the stigma surrounding the disease, seeking to hear the impressions of patients, doctors and other professionals. For the latter, but not least important purpose, this project involved data collection realized in an oncology institution, located in Juiz de Fora, which includes a specialized hospital. pt_BR
dc.description.resumo Análise do fazer jornalístico e das relações que envolvem o campo da comunicação e saúde, no âmbito da televisão brasileira, na abordagem do câncer pelos noticiários de emissoras públicas e comerciais. A pesquisa empírica tem como parâmetros as fundamentações teóricas do jornalismo e do telejornalismo na contemporaneidade, da comunicação e saúde e das relações sociais mediadas pela televisão brasileira, que se propõe a ser o espaço público da atualidade. Comunicação e saúde é visto aqui, numa perspectiva ideológica, como uma estratégia potencial de promoção e de educação para a qualidade de vida e o desenvolvimento. O estudo contempla matérias veiculadas em um dos produtos televisivos mais consolidados da Rede Globo – o Jornal Nacional, a partir da análise de conteúdo, com critérios quali-quantitativos e, em segunda perspectiva, adota-se um procedimento de análise comparativa com outro produto de tratamento jornalístico oferecido por uma TV pública – donde se espera um comprometimento social maior, com isenção e independência, buscando a predominância do interesse público. Selecionou-se o Repórter Brasil Noite, o telejornal mais representativo da TV Brasil (por ser o mais longevo, veiculado diariamente no horário nobre e com maior alcance), que é a principal emissora pública do sistema de radiodifusão atual do país. São analisados criticamente os elementos de construção da narrativa jornalística e suas estratégias estruturais, estabelecendo um panorama do diálogo interdisciplinar entre os campos comunicação e saúde. Além dos referidos telejornais, foram analisados outros dois programas, que se dedicam, em alguma medida, a uma abordagem especializada de saúde: Bem-estar (Rede Globo) e Ser Saudável (TV Brasil). O debate levou em conta as disputas e os tensionamentos característicos dessa abordagem, sobretudo em função dos saberes mobilizados e do poder de fala dos atores sociais envolvidos, haja vista as relações simbólicas que permeiam o jornalismo de televisão. Tendo em vista a relevância dessa temática, o intuito foi mapear os sentidos e os significados que emergem desse tratamento, além da recepção desses conteúdos pelos públicos envolvidos. As neoplasias são, muitas vezes, representadas na mídia como símbolos de dor, sofrimento e mutilação, e ainda motivo de tabus, preconceitos e desconhecimentos na sociedade. O trabalho pretendeu, assim, analisar o papel do (tele)jornalismo na (des)construção dos estigmas que envolvem a doença, buscando ouvir as impressões de pacientes, médicos e outros profissionais. Para este último, mas não menos importante objetivo, o presente projeto envolveu coleta de dados realizada por meio de pesquisa de campo em uma instituição de combate ao câncer, localizada em Juiz de Fora, que abrange um hospital especializado em oncologia. pt_BR
dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Faculdade de Comunicação Social pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em Comunicação pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Comunicação pt_BR
dc.subject Saúde pt_BR
dc.subject Televisão pt_BR
dc.subject Câncer pt_BR
dc.subject Recepção pt_BR
dc.subject Communication pt_BR
dc.subject Health pt_BR
dc.subject Television pt_BR
dc.subject Cancer pt_BR
dc.subject Reception pt_BR
dc.subject.cnpq Comunicação pt_BR
dc.title Entre mitos, silenciamentos e circularidades: a cobertura televisiva do câncer e suas formas de percepção pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record