DSpace Repository

Estudo bioacústico do formigueiro-assobiador (Myrmeciza loricata (Lichtenstein, 1823); Aves: Thamnophilidae) na Reserva Biológica Municipal Poço D’Anta, Juiz de Fora – MG

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Andriolo, Artur
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700793Y6 pt_BR
dc.contributor.advisor-co1 Manhães, Marco Antônio
dc.contributor.advisor-co1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4773480T6 pt_BR
dc.contributor.referee1 Arraut, Eduardo Moraes
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4768282U7 pt_BR
dc.creator Amorim, Thiago Orion Simões
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4449319U0 pt_BR
dc.date.accessioned 2016-07-01T19:18:50Z
dc.date.available 2016-05-19
dc.date.available 2016-07-01T19:18:50Z
dc.date.issued 2012-03-19
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/1597
dc.description.abstract The vocal repertoire of a bird is composed by song and calls, which has structural and functional differences. The vocal repertoire is a tool that can be used to support studies in systematics, conservation, ecology, and moreover is absolutely relevant on behavioral studies. The White-bibbed Antbird (Myrmeciza loricata) is an endemic bird of the Atlantic Forest and belongs to the family Thamnophilidae, which is one of the most important families in the Neotropics. The aim of this study was to describe the White-bibbed Antbird vocal repertoire. Fieldwork was conducted through one year in the Biological Reserve of Poço D’Anta, Juiz de Fora – MG, Brazil. The vocalizations were recorded with Zoom H4n digital portable recorder and unidirectional condenser microphone and each vocal event was registered in spreadsheet. The software Raven Pro 1.3 was used to produce the sonograms of vocalizations which allowed measuring the acoustic parameters. We found that the White-bibbed Antbird repertoire is composed by three calls and the song. The male song emission promoted responses from others animals in the neighborhood, which may suggest that this vocalization is related to territorial defense. The call I - alarm was emitted when the observer walked in the trail and when he was approaching a place where there were individuals. The call II was emitted by the males and females when they were near or far away from each other, and during the flight. The couple can use this call for mutual recognition and to keep in touch. The call III was emitted when the animals were foraging and when the individuals of the couple were very near from each other. Males and females sing in duet and the male and female songs were individually distinct. We found that males initiate all duets, that females does not sing in isolation from males, and that duets therefore occur as a result of females replying to male songs. The duet is possibly related with keeping the pair bond, synchronize breeding and to warn potential intruders the mated condition of the pair. pt_BR
dc.description.resumo O repertório vocal das aves é composto pelo canto e por chamados, e esses dois tipos de vocalizações se diferenciam em nível estrutural e funcional. O repertório vocal é uma ferramenta que pode ser utilizada para embasar estudos em sistemática, conservação, ecologia, além de ser uma informação bastante valiosa no comportamento de uma espécie. O formigueiro-assobiador (Myrmeciza loricata) é uma ave endêmica da Mata Atlântica brasileira pertencente à família Thamnophilidae, uma das mais importantes em número e espécies em toda a região Neotropical. O objetivo deste estudo foi descrever o repertório vocal do formigueiro-assobiador. O trabalho de campo foi realizado durante um ano na Reserva Biológica Municipal Poço D’Anta, Juiz de Fora – MG. As vocalizações foram gravadas por gravador digital portátil Zoom H4N e microfone condensador unidirecional, e cada evento vocal foi registrado em planilha de campo com a descrição do comportamento exibido. O programa RAVEN Pro. 1.3 forneceu os sonogramas das vocalizações para as mensurações dos parâmetros acústicos. O repertório vocal do formigueiro-assobiador é composto pelo canto e três tipos de chamados. A emissão do canto do macho desencadeou respostas de outros indivíduos presentes no entorno, o que pode sugerir que esta vocalização está relacionada com a defesa territorial. O chamado I - alarme foi emitido quando o observador caminhava pela trilha e se aproximava de um local onde havia indivíduos. Observou-se que o chamado II foi emitido por machos e fêmeas quando estavam próximos ou distantes um dos outros, e durante o vôo. O casal pode usar esse chamado para reconhecimento mútuo e para manterem contato. O chamado III foi observado durante o forrageamento e quando o macho se aproximava da fêmea. Foi observado que machos e fêmeas cantam em dueto e apresentam cantos distintos. Machos sempre iniciaram os duetos e fêmeas não foram observadas cantando sozinhas, elas cantavam em resposta ao canto emitido pelo macho. O dueto pode estar relacionado com a manutenção do casal e como uma forma de sincronizarem sua fisiologia reprodutiva, além de advertir a possíveis intrusos a condição de acasalado do indivíduo. pt_BR
dc.description.sponsorship FAPEMIG - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department ICB – Instituto de Ciências Biológicas pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em Ecologia pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Mata Atlântica pt_BR
dc.subject Aves pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA pt_BR
dc.title Estudo bioacústico do formigueiro-assobiador (Myrmeciza loricata (Lichtenstein, 1823); Aves: Thamnophilidae) na Reserva Biológica Municipal Poço D’Anta, Juiz de Fora – MG pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record