DSpace Repository

Análise do processo migratório brasileiro: uma abordagem estrutural para o ano de 2010

Show simple item record

dc.contributor.advisor1 Perobelli, Fernando Salgueiro
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4703617J2 pt_BR
dc.contributor.advisor-co1 Freguglia, Ricardo da Silva
dc.contributor.advisor-co1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701518H1 pt_BR
dc.contributor.referee1 Rotatori, Wilson Luiz
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700938H6 pt_BR
dc.contributor.referee2 Porsse, Alexandre Alves
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794944Z5 pt_BR
dc.creator Siqueira, Paloma Leite de
dc.creator.Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4246681Z6 pt_BR
dc.date.accessioned 2016-06-07T15:51:01Z
dc.date.available 2016-05-06
dc.date.available 2016-06-07T15:51:01Z
dc.date.issued 2013-03-11
dc.identifier.uri https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/1406
dc.description.abstract This thesis has as its central objective to analyze the structure of the Brazilian migration process through matrices flows of people, using data from 2010 census. For this, the input-output methodology proposed for achieving this goal involves an adaptation of the conventional methodology used to construct economic models of trade and investment, in line with studies (Cabrer, PAVIA, 2003) and (VÁZQUEZ, 2010). Firstly, was produced a typology of microregions through of the forward linkages ( ) and backward ( ). These indices divided the areas to microregions of dispersion, attraction and equilibrating. Secondly, the field of influence enabled a hierarchy into the migratory process between the microregions with stronger linkages. Thirdly was calculated index of displacement effect. This index allows the identification of regions where the receipt of an immigrant moves a relatively large portion of population native to other locations. The main results concerning bond indices reaffirm pre-established concepts as the characteristic pushing of the major economic centers of the country, some of them, São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizonte and built new as feature pulling and balancing of most microregions Northeast. With regard to the field of influence, the microregions of greater pulling influence are: Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Sao Paulo, Salvador, Belem, Fortaleza, and Brasilia. Already for qualified sample of the population, besides the before mentioned, the microregion of Curitiba is among the largest fields of influence. With respect to the index of the displacement effect of population, as expected, the main microregions in GDP have low rates of displacement, they are able to absorb more labor-intensive than microregions with labor market less dynamic and / or in process of stagnation. They are: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Florianópolis, Goiás, Brasília, Natal, Porto Velho and others. For the qualified sample was identified which microregions moving more people by the arrival of an immigrant qualified the state of São Paulo. The microregions identified with the highest rates were evaluated in stagnant and / or delayed in relation to the production process, some of the microregion Traipu in Alagoas, the microregion Barra do Pirai in Rio de Janeiro, the microregion of the Brejo Paraíba and microregion Três Rios in Rio Grande do Sul. In addition to the descriptive analysis of the indicators, the existence of spatial autocorrelation that identifies the direction and degree of association between the 2009 GDP (gross domestic product microregional 2009) and the Index of displacement effect (Vazquez index) is tested. pt_BR
dc.description.resumo Essa dissertação possui como objetivo central analisar a estrutura do processo migratório brasileiro através de matrizes de fluxos de pessoas, utilizando os dados do censo de 2010. Para isso, a metodologia de insumo produto proposta para se atingir tal objetivo envolve uma adaptação da metodologia convencional usada para construir modelos econômicos de fluxos comerciais e de investimento, em linha com os estudos realizados por (CABRER, PAVIA, 2003) e (VÁZQUEZ, 2010). Em primeiro lugar, foi feita uma tipologia de microrregiões através dos índices de ligação para frente ( ) e para trás (Uj). Estes índices dividiram as microrregiões em áreas de dispersão, atração e equilibrantes. Em segundo lugar, o campo de influência viabilizou a construção de uma hierarquia dentro do processo migratório entre as microrregiões de elos mais fortes. Em terceiro lugar foi calculado o índice do efeito deslocamento da população. Este índice permite a identificação das microrregiões onde a recepção de um imigrante desloca uma porção relativamente grande de sua população nativa para outras localidades. Os principais resultados obtidos referentes aos índices de ligação reafirmam conceitos pré-estabelecidos como a característica dispersora dos grandes centros econômicos do país, alguns deles, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte e mostram que grande parte das microrregiões nordestinas são classificadas como equilibrantes e atratoras. No que se refere ao campo de influência (e.g efeito espraiamento), as microrregiões de maior capacidade atratora são: Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belém, Fortaleza, e Brasília. Já para a amostra qualificada da população, além das anteriormente citadas, a microrregião de Curitiba aparece entre os maiores campos de influência. Com relação ao índice do efeito deslocamento da população percebe-se que as principais microrregiões, em termos de PIB, apresentam baixos índices de deslocamento, pois são capazes de absorver mais mão-de-obra do que microrregiões com o mercado de trabalho menos dinâmico e/ou em processo de estagnação. São elas: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Florianópolis, Goiás, Brasília, Natal, e Porto Velho e outras. Para a amostra qualificada foi identificado quais microrregiões deslocam mais população pela chegada de um imigrante qualificado do estado de São Paulo. As microrregiões identificadas com os maiores índices foram avaliadas em estagnadas e/ou atrasadas no que se referem ao processo produtivo, algumas delas, a microrregião de Traipu no Alagoas, a microrregião de Barra do Piraí no Rio de Janeiro, a microrregião do Brejo Paraibano na Paraíba e a microrregião de Três Passos no Rio Grande do Sul. Além da análise descritiva dos indicadores de maneira isolada a existência de autocorrelação espacial que identifica a direção e o grau de associação entre o PIB 2009 (produto interno bruto microrregional de 2009) e o Índice de efeito deslocamento (índice de Vázquez) é testada. pt_BR
dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt_BR
dc.language por pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Juiz de Fora pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Faculdade de Economia pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-graduação em Economia pt_BR
dc.publisher.initials UFJF pt_BR
dc.rights Acesso Aberto pt_BR
dc.subject Migração pt_BR
dc.subject Microrregiões pt_BR
dc.subject Educação pt_BR
dc.subject Migration pt_BR
dc.subject Microregion pt_BR
dc.subject Education pt_BR
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA pt_BR
dc.title Análise do processo migratório brasileiro: uma abordagem estrutural para o ano de 2010 pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record